Menina de 14 anos é convidada para tomar tereré e depois é trancada em quarto e estuprada por 4 homens

A Polícia Civil de Aquidauana, a 131 km de Campo Grande, investiga um caso de estupro coletivo envolvendo uma menina de 14 anos. Em depoimento, tanto na polícia quanto no Conselho Tutelar da cidade, ela conta que foi convidada para tomar tereré, na casa de um conhecido de 24 anos. Em seguida, os abusos aconteceram e ela foi resgatada chorando pelo pai. O fato ocorreu há dois dias.

Os policiais foram acionados após denúncia do pai, que informou o sumiço da menina desde a noite de sábado (16). Ele reside em uma aldeia no distrito de Taunay e lá recebeu a informação de que a menina estava na residência do rapaz. Ao chegar no local, com a equipe policial, o pai encontrou a vítima chorando, reclamando de fortes dores abdominais e falando que havia sido abusada.

Publicidade

Os policiais iniciaram as buscas e encontraram o homem de 24 anos, além do jovem de 18 anos. Eles tentaram fugir, porém, após serem algemados, confessaram o crime. Já no conselho tutelar, a menina comentou que, ao chegar na casa, ao invés de tomar tereré eles deram “bebida alcoólica e um cigarro fino de maconha” para ela. Depois, ela foi forçada a entrar em um quarto, onde não conseguia sair e os homens a estupravam, um de cada vez.

A vítima foi encaminhada para atendimento médico e a realização de exames periciais. Os policiais continuaram as buscas e prenderam mais dois envolvidos, de 20 e 21 anos de idade. Eles vão responder pelo fornecimento da bebida, tráfico de drogas e estupro coletivo.