Melhor Idade: Jogos são lançados pelo Governo na presença de idosos e autoridades

Os Jogos da Melhor Idade foram lançados, nessa terça-feira (26.9), no auditório da Governadoria, na Capital. O governador do Estado, Reinaldo Azambuja; o diretor-presidente da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), professor Marcelo Miranda; e o coordenador da Frente Parlamentar de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, deputado estadual Renato Câmara, reuniram-se com outros parceiros para retomar os jogos, após três anos. Idosos da Capital e do interior prestigiaram o evento que ainda teve apresentação cultural de grupo da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) e presença maciça de deputados, além de secretários e prefeitos do interior.

O retorno da competição era uma reivindicação dos idosos que apontaram a importância social e a melhoria na qualidade de vida como principais pontos positivos dos Jogos da Melhor Idade. “É uma maravilha, faz muito bem, tira o idoso de casa e isso é importante para a saúde”, falou Clarinda Borges da Associação Bella Idade.

Suzana do time de vôlei adaptado, do Centro de Convivência do Idoso Vovó Ziza, de Campo Grande, também comemorou o lançamento. “Estava esquecido né? É muito importante para nós. Participar faz muito bem para a alma, é uma delícia. Estamos prontas para competir”, falou.

O colega de modalidade, Narciso Zulim, da Universidade da Melhor Idade da UCDB, também está ansioso para entrar em quadra e destaca a importância da integração entre as delegações. “Eu já jogo há cinco anos e é excelente ter os jogos porque a gente se une mais, faz mais amizade, tem maior participação porque tem gente de um monte de lugar”.

Nos municípios, os idosos também estão animados com a competição. Cerca de 20 municípios já confirmaram participação no evento. Prefeitos, inclusive, prestigiaram o lançamento, entre eles os de Bataguassu, Paranhos, Paranaíba, Sonora e Rio Verde de Mato Grosso. “Nós estamos na melhor idade e só temos a agradecer o empenho do Governo e da Fundesporte em realizar os jogos e fazer algo que preencha nosso dia a dia. Nosso município já está pronto para competir. A partir de hoje, já estamos na disputa”, disse o prefeito de Rio Verde de Mato Grosso, Mario Krugger.

Os Jogos da Melhor Idade são fruto do esforço conjunto dos Poderes Executivo e Legislativo e apoio da UCDB. Os deputados estaduais Herculano Borges e Renato Câmara, da Frente Parlamentar voltada para o segmento, e o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Junior Mochi, destacaram a necessidade de promover ações específicas para a Terceira Idade. “Todos queremos chegar na melhor idade e precisamos garantir qualidade de vida, respeitar os direitos da pessoa idosa e dar efetividade ao Estatuto do Idoso”, disse Mochi.

“Os idosos são uma parte da população que merece atenção especial. O poder público tem que criar alternativas de bem estar e o esporte proporciona isso, traz ânimo, alegria, integração. Quero parabenizar o Governo do Estado e a Fundesporte porque os Jogos vão trazer mais qualidade de vida para quem pratica esporte na melhor idade’”, justificou Herculano.

“Esse é um trabalho em conjunto, muito importante para atender o clamor da terceira idade de retomar os jogos. Sem dúvida nenhuma esses jogos serão o grande marco e acontecimento deste ano para a terceira idade”, explicou Renato Câmara.

No Governo do Estado, as secretarias de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Secdhast), a de Cultura e Cidadania (SECC) e a de Governo e Gestão Estratégica (Segov) se juntaram à Fundesporte para concretizar o sonho dos idosos de voltar a disputar os jogos estaduais. O sentimento é de agradecimento e homenagem aos idosos de Mato Grosso do Sul, conforme resumiu o secretário da Segov, Eduardo Ridel. “O Governo do Estado busca inserir os idosos em atividades que trazem qualidade de vida, integração e bem-estar. O MS nos 40 anos, não pode perder de perspectiva aqueles que fizeram nossa história. Os Jogos da Melhor Idade são um presente que a gente pode dar a eles”.

O diretor-presidente da Fundesporte ressaltou o empenho do Governo do Estado na realização dos jogos, a necessidade de promover o evento e afirmou que mais uma das metas da gestão foi alcançada. “É um prazer lançar esse jogos e me atrevo a dizer que hoje alcançamos mais de 90% das metas traçadas junto com os gestores, em 2015. Os Jogos da Melhor Idade têm papel de suma importância para confraternização, estímulo à pratica de atividades físicas,  busca de uma qualidade de vida ativa e de valorização de grupos que trabalham com a melhor idade. Só temos a agradecer ao Governo do Estado por não estar medindo esforços para que possamos atender a todos os públicos. Temos orgulho de fazer parte deste governo”, afirmou.

O governador do Estado, Reinaldo Azambuja, encerrou a solenidade elogiando o trabalho da Fundesporte e a parceria entre entidades governamentais e não governamentais para a realização dos jogos. “Parabéns Marcelo pelo resgate do sonho antigo de trazer os jogos de volta. Agradeço também aos parceiros. Esperamos que todos municípios participem. A gente fica muito contente em promover ações que atendam a pessoa idosa para inseri-la no convívio social e mostrar que ela pode ainda contribuir muito para o desenvolvimento do Estado”, disse.

Participam dos Jogos da Melhor Idade atletas a partir dos 60 anos. A disputa inclui esportes de quadra, mesa, salão e atividades culturais como: vôlei adaptado, malha, bocha, sinuca, truco, dança e tênis de mesa. A competição está marcada para o mês de novembro, em Campo Grande, e deve reunir mais de 500 atletas da melhor idade. Veja mais fotos.