Marquinhos vai ampliar os programas sociais e qualificar famílias para reduzir desigualdade social

O pré-candidato do PSD ao Governo de Mato Grosso do Sul, Marquinhos Trad, está montando um Programa de Governo com atenção especial aos menos favorecidos. O programa é construído diariamente, com base nas necessidades de cada região e um dos pontos já definidos é a ampliação dos programas sociais para reduzir desigualdades no Estado.

“Em Mato Grosso do Sul, segundo o IBGE, 32,4% da população vive com até um salário mínimo. Um quinto, 21%, sobrevive com menos de meio salário mínimo. Vamos ampliar os programas sociais e atender estas pessoas de uma maneira mais eficaz, auxiliando para que consigam ter melhores condições de vida”, declarou.

O pré-candidato entende que o Estado passa por uma situação contraditória, onde números evidenciam diferenças gritantes, com poucas pessoas ganhando muito e a maioria padecendo. “As pessoas precisam de um programa, de uma política pública social forte para ajudá-las a sair desta condição de miserabilidade. Eles necessitam de oportunidades. Há pessoas em extrema necessidade. Não estão olhando para os assentamentos, quilombolas, aldeias. Vivemos em um Estado rico, com projeção de terceiro melhor desempenho do País, mas com muitas pessoas passando fome e isso precisa mudar”, pontuou.

Marquinhos garante a manutenção dos programas sociais, mas quer ir além, para a completa transformação da realidade no Estado. Para isso, vai aliar programas sociais a qualificação, reduzindo desemprego e melhorando a qualidade de vida das famílias.

 “Teremos um governo que acompanha a vida das pessoas, que presta serviço, que qualifica. Estas pessoas, principalmente as mais humildes, deixam de estudar e começam a trabalhar muito cedo, geralmente nas piores funções e atravessam a vida desta mesma maneira. Vamos investir nesta qualificação, no estudo, mostrando novas perspectivas, assegurando que é possível conquistar uma vida melhor, garantir um futuro digno para sua família”, concluiu.

FonteNotíciasCG / Carlos Oliveira