Índia bate novo recorde de casos de Covid-19 em 24 horas

Índia registrou 234.692 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas e estabeleceu um novo recorde diário, de acordo com dados divulgados pelo ministério da Saúde do país neste sábado (17). O país asiático também registrou mais 1.341 mortes em apenas um dia e chegou a 175.649 óbitos desde o início da pandemia do novo coronavírus.

O recorde anterior de infecções casos havia sido registrado na sexta-feira (15), com pouco mais de 217 mil novas infecções. Na quinta (15), o país asiático superou pela primeira vez a marca de 200 mil novas infecções.

Foi o oitavo recorde diário de casos nos últimos nove dias. A Índia sofre uma grande segunda onda e agora fica perto de 14,5 milhões de infecções, atrás apenas dos Estados Unidos, que já registraram mais de 32 milhões casos de Covid-19. Na última segunda-feira (12), o país passou o Brasil em casos confirmados.

A Índia vive período de festivais religiosos, com desrespeito às medidas para combater a pandemia mesmo com hospitais lotados.

O recorde absoluto de casos em 24 horas ainda é dos Estados Unidos, que teve mais de 300 mil registrados em 2 de janeiro. O recorde de infectados do Brasil é de 97,5 mil novos casos em 24 horas, que foram registrados em 25 de março.

Medidas de restrição

 

Em meio à escalada de casos, a capital Nova Délhi impôs um toque de recolher neste fim de semana. Shopping, academias, restaurantes e alguns mercados fecharão e apenas serviços essenciais poderão funcionar.

Mumbai, capital financeira do país, já tem adotado diversas medidas de restrição. A cidade fica no maior estado do país, Maharashtra, que é o epicentro da segunda onda e até iniciou um lockdown na quinta-feira (15) para conter a disseminação do vírus.

No final de janeiro e começo de fevereiro, a Índia estava registrando menos de 10 mil infectados por dia. O governo indiano culpa o desrespeito ao distanciamento social e o não uso de máscaras como causas para o surto. Médicos e especialistas apontam também a complacência do governo e novas variantes do coronavírus pela escalada de casos.

Vacinação contra Covid

 

O recorde de casos e mortes ocorre em meio à aceleração da vacinação no país. A Índia é o maior produtor mundial de vacinas e iniciou em janeiro sua campanha de imunização, que demorou a engrenar.

O país passou a restringir a exportação de vacinas contra a Covid-19 para aumentar a sua velocidade de vacinação, o que tem mostrado resultado.

A Índia é o terceiro país que mais aplicou doses até o momento (117 milhões), atrás apenas de EUA (198 milhões) e China (183 milhões), segundo o Our World in Data, projeto ligado à Universidade de Oxford.