INCUBADORAS MUNICIPAIS: PARCERIA CERTA PARA QUEM QUER EMPREENDER COM SEGURANÇA

Uma ideia inovadora na cabeça e um bom plano de negócio podem ser o início perfeito para começar a empreender. Esse é o caso dos empreendedores Jander Padilha e Mônica Rodrigues Padilha, proprietários da Bellamoni Sorvetes, pequena empresa que atua na Incubadora Municipal Norman Edward Hanson, no Bairro Santa Emília. O casal recebe auxílio na administração e gestão do seu negócio, pela equipe da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedesc).

“Começamos pequenos, em casa, focando sempre na qualidade dos produtos. Produzimos picolés à base de água, à base de leite e o detox, que é nosso diferencial. O picolé detox é um produto natural, feito de frutas, com água de coco, sem adição de açúcar e sem gordura”, explica Jander, ressaltando que o picolé detox é um produto que ainda está sendo desenvolvido porque ele é muito complexo, mas é um produto que está no foco da empresa.

Os produtos principais da Bellamoni, os chamados ‘carros chefes’, são os picolés de leite e de água. A empresa tem atualmente uma diversidade de 24 sabores desses produtos. Sobre a comercialização, Jander explica que a empresa tem um canal de vendas através de delivery, outro de app próprio, além da venda porta a porta, a tradicional venda face to face.

“Estávamos em São Paulo e queríamos retornar a Campo Grande para montar um negócio próprio. Procuramos uma franquia, mas a empresa não teve interesse em atuar no Centro-Oeste, foi então que decidimos abrir nossa própria marca”, conta com entusiasmo a empreendedora Mônica Padilha. Dessa forma nasceu a Bellamoni Sorvetes. “Por enquanto nossa empresa está produzindo picolés, mas com certeza vamos expandir para a produção de massas, com vendas em potes, para atingir a região Centro-Oeste”, comenta.

Apoio municipal

Jander Padilha nos conta que o sonho do casal é muito grande, mas a família está focada na qualidade do produto e nas questões burocráticas que envolvem os aspectos sanitários. É justamente nessa área que entra a importância da atuação da Prefeitura de Campo Grande, através da Sedesc (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e de Ciência e Tecnologia).

“Nesse aspecto nós tivemos um apoio fundamental da Prefeitura para o nosso crescimento. Nossa empresa está instalada na Incubadora de Alimentos onde temos apoio de nutricionistas e técnicos de alimentos, além das capacitações em gestão empresarial. Graças a esse apoio estamos alcançando nossos objetivos, passo a passo. A Sedesc tem sido nossa parceira em busca desse sonho”, conclui Jander Padilha.

A Incubadora Municipal de Alimentos, Norman Edward Hanson, é a primeira no Brasil a ser certificada pelo Cerne – Centro de Referência para Apoio a Novos Empreendimentos, modelo de certificação que visa promover a melhoria expressiva nos resultados das incubadoras de diferentes setores de atuação, determinando boas práticas a serem adotadas em diversos processos-chave, que estão associados a níveis de maturidade.

São quatro as Incubadoras Municipais em Campo Grande: Mário Covas (região do Anhanduizinho), Francisco Giordano Neto (região do Prosa), Zé Pereira (região do Imbirussu) e Norman Edward Hanson (região do Lagoa).