Incêndios florestais no Pantanal e em Naviraí mobilizam bombeiros de MS

Com frentes de atuação em diferentes regiões de Mato Grosso do Sul, o Corpo de Bombeiros Militar trabalha no combate a incêndios florestais no Pantanal, próximo ao Passo do Lontra – região do Rio Abobral –, e também em Naviraí – na área do Rio Amambai.

No Passo do Lontra foram lançados mais de 34,1 mil litros de água – com uso da aeronave air tractor –, para extinção de focos que também são combatidos por equipes de solo, além do apoio do GOA (Grupamento de Operações Aéreas).

A ação faz parte do projeto de estudo acadêmico da base da UFMS (Universidade Federal do de Mato Grosso do Sul), com a queima controlada de uma pequena área (1 hectare) por dia, para verificar o comportamento da flora e fauna pantaneira, com técnicas de manejo integrado do fogo.

Também na região do Pantanal, o trabalho de monitoramento continua na região da divisa com o Mato Grosso. A região pantaneira, próximo ao Rio São Lourenço, estava sob monitoramento presencial e por satélites desde o fim do mês de abril, quando o incêndio foi identificado no Parque Nacional do Pantanal Mato-Grossense, no estado vizinho.

Porém, no dia 7 de maio (há uma semana), o foco passou para o lado sul-mato-grossense do bioma. As equipes utilizaram motobomba para combater as chamas na área atingida pelo incêndio, que continua monitorada, com a equipe em vigilância na região até quando for necessário para garantir que o foco não progrida para o Estado.

Desde sexta-feira (10), o incêndio na divisa com o Mato Grosso, ao norte de Corumbá, deixou de progredir em direção ao Mato Grosso do Sul.

Também na semana passada, brigadistas voluntários bolivianos e militares da armada boliviana participaram de treinamento básico de brigadas florestais no quartel do Corpo de Bombeiros de Corumbá. O curso ocorreu durante dois dias (9 e 10 de maio) e foi organizado e ministrado por bombeiros militares especialistas em incêndio florestal, para integração e conhecimento.

Os brigadistas treinados eram do “Bombero Municipales Puerto Suarez”, “Cooperativa la Porteña de Puerto Suarez”, voluntários “Saviors Pantaneros” e da “Armada Boliviana”.

Em Naviraí, alguns focos surgiram próximos ao incêndio contido no Rio Amambai. A área também é monitorada, com ações para combate e isolamento pela equipe que está na região.

Na semana passada os focos do local ficaram próximos às margens da BR-487, e os bombeiros atuaram para evitar acidentes por causa da fumaça na pista.

Preparação

Desde o início da fase de prevenção e preparação para a temporada de incêndios florestais deste ano, no dia 2 de abril, foram realizadas 470 ações entre formações de brigadas, resgaste de animais, ações educativas em escolas, aceiros, manutenções em vias e pontes, visitas e vistorias técnicas em fazendas e comunidades locais.

No mesmo período, foram sete queimas controladas e dois combates diretos, entre outras ações necessárias para apoio, manutenção e teste de equipamentos, viaturas e militares, com mais de 10,2 mil quilômetros percorridos nas ações preventivas com orientações a mais de 1 mil crianças e adolescentes.

Natalia Yahn, Comunicação Governo de MS
Fotos: CBMMS

FonteGoverno MS

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui