Hospitais Filantrópicos de MS, estão dispensados do cumprimento de metas .

Foi publicada nesta quinta-feira (29), no Diário Oficial da União, a prorrogação, até 31 de dezembro, da suspensão da obrigatoriedade da manutenção das metas quantitativas e qualitativas contratualizadas pelos prestadores de serviço de saúde de qualquer natureza no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

A CMB e a Federação das Santas Casas e Hospitais Filantrópico de MS, vinha se mobilizando intensamente para a validação da lei. “Estamos felizes e gratos por mais uma conquista importante para nossas instituições”, falou o presidente da CMB, Mirocles Véras.

Segundo Ivandro Fonseca, cerca de 52 Hospitais Filantrópicos em MS, serão beneficiados com está lei. Estamos vivendo um momento muito difícil nesta Pandemia e os nossas instituições e profissionais de saúde estão lutando em defesa da vida. Está lei é um grande benefício para toda a rede Filantrópica de MS, relatou o Presidente Ivandro Fonseca.