Homem é preso com arma e munição perto do Capitólio, em Washington

Um homem foi preso nesta sexta-feira (15) com uma arma e mais de 500 cartuchos de munição perto do Capitólio, em Washington, nos Estados Unidos. O homem havia parado em uma área de controle de segurança, quando apresentou uma credencial aos policiais. Os policiais verificaram que o documento não permitia o acesso à área restrita e encontraram uma pistola carregada e munições dentro do caminhão do homem. As informações são do jornal “The New York Times”.

A segurança no entorno do Capitólio foi reforçada após a invasão de apoiadores do presidente Donald Trump em 6 de janeiro de 2021. Também há mais policiamento na região em razão da posse do presidente eleito, Joe Biden, e da vice Kamala Harris, prevista para quarta-feira (20). Trump perdeu as eleições presidenciais de 2020, mas não reconheceu a derrota.

Segundo o NYT, ainda não há informações sobre o motivo pelo qual o homem tentou acessar uma área restrita nem detalhes sobre a credencial apresentada.

Um oficial do serviço secreto fala com um pedestre em uma barricada perto do BLM Plaza em 16 de janeiro de 2021 em Washington, DC. Depois dos motins da semana passada no edifício do Capitólio dos EUA, o FBI alertou sobre ameaças adicionais na capital do país e em todos os 50 estados. De acordo com relatos, cerca de 25.000 soldados da Guarda Nacional estarão guardando a cidade enquanto os preparativos são feitos para a posse de Joe Biden como o 46º presidente dos EUA. — Foto: Brandon Bell / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP

Um oficial do serviço secreto fala com um pedestre em uma barricada perto do BLM Plaza em 16 de janeiro de 2021 em Washington, DC. Depois dos motins da semana passada no edifício do Capitólio dos EUA, o FBI alertou sobre ameaças adicionais na capital do país e em todos os 50 estados. De acordo com relatos, cerca de 25.000 soldados da Guarda Nacional estarão guardando a cidade enquanto os preparativos são feitos para a posse de Joe Biden como o 46º presidente dos EUA. — Foto: Brandon Bell / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP