Gueixas do Japão migram para a internet

De joelhos, com a ponta dos dedos apoiadas no parqué, Chacha, uma gueixa, inclina-se diante de uma plateia que acompanha seus gestos, mas não ao seu lado e sim a quilômetros de distância, através de uma tela.

  • Músicos de diferentes países se unem online para tocar ‘Bohemian Rhapsody’; assista
  • Estudo identifica bares e academias como ambientes de supercontaminação do coronavírus

A mulher de 32 anos, iluminada por potentes holofotes, faz uma dança tradicional movendo-se como uma borboleta e abrindo seu leque.

Seu público habitual é geralmente composto por homens maduros com recursos, que assistem a cerimônia em uma pequena sala cheia de tatames.