Governador de MS interpela Deputado Estadual na Justiça

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) quer que o deputado estadual Capitão Contar (PSL) explique, na justiça, sua manifestação nas redes sociais de que o Governo do Estado superfaturou a compra das cestas básicas que foram distribuídas às famílias carentes em meio a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Contar compartilhou nas suas redes sociais a seguinte mensagem: “Denunciamos o governo do estado à polícia federal, controladoria-geral da união, ministério público federal, ministério público estadual e tribunal de contas do estado, por suposto superfaturamento na compra de 60.000 cestas básicas sem licitação”. Junto à mensagem, um panfleto eletrônico com os dizeres: “Superfaturamento em compra de cestas básicas chega a quase R$ 1 milhão”.

A compra com a dispensa de licitação é amparada pela Calamidade Pública decretada no Estado por causa da pandemia do novo coronavírus. No pedido feito ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, o governador solicita explicações para esclarecer situações, frases ou expressões que haja dubiedade, equivocidade ou ambiguidade.