Futebol masculino na Olimpíada tem veteranos no México e França e a forte Espanha; veja destaques

O futebol masculino das Olimpíadas começa nesta quinta-feira, mas você está por dentro das seleções que estão em Tóquio? Além de Daniel Alves, Richarlison e companhia, quem mais você conhece dos jogadores que vão disputar o torneio? O ge preparou uma lista com alguns nomes, e vários destaques estão em só uma equipe: a Espanha.

Os espanhóis vão para os Jogos Olímpicos com seis jogadores que estiveram na Eurocopa. Além deles, Asensio, do Real Madrid, também estará em Tóquio. A Alemanha tem vai com um time de jovens pouco expressivos, mas cuja base foi campeã da Euro Sub-21 este ano.

Ochoa (México), Asensio (Espanha) e Gignac (França) são alguns dos nomes que estarão no torneio de futebol da Olimpíada — Foto: Infoesporte/ge.globo

Ochoa (México), Asensio (Espanha) e Gignac (França) são alguns dos nomes que estarão no torneio de futebol da Olimpíada — Foto: Infoesporte/ge.globo

Confira a rodada de estreia:

  • Grupo A:
    05h México x França (SporTV)
    08h Japão x África do Sul (SporTV 3)
  • Grupo B:
    05h Nova Zelândia x Coreia do Sul (SporTV 4)
    08h Honduras x Romênia (SporTV 4)
  • Grupo C:
    04h30 Egito x Espanha (SporTV 2)
    07h30 Argentina x Austrália (SporTV 2)
  • Grupo D:
    05h30 Costa do Marfim x Arábia Saudita (SporTV 3)
    08h30 Brasil x Alemanha (TV Globo, SporTV e ge)

 

Veja os principais destaques do torneio:

Zagueiro do Manchester United, Bailly é um dos nomes acima de 24 anos da Costa do Marfim. Ele vai para sua sexta temporada na equipe inglesa, foi campeão da Liga Europa em 2016/17 no clube, e tem 37 partidas pela seleção principal de seu país.

Por alguns dias, Kessie poderia integrar a seleção marfinense sem fazer parte do grupo de três jogadores permitidos acima dos 24 anos. Ele tem essa idade, mas faz 25 no dia 19 de dezembro. O meia do Milan é o destaque da equipe africana. Na última temporada, fez 14 gols pelo time italiano e foi um dos melhores jogadores do clube. Tem 46 jogos e quatro gols pela seleção principal de Costa do Marfim.

Aos 35 anos, o atacante Gignac foi destaque do Tigres-MEX no Mundial de Clubes, em fevereiro. Os mexicanos perderam a final do torneio para o Bayern de Munique e eliminaram o Palmeiras na semifinal. Ele é ídolo e maior artilheiro da equipe.

Gignac vai voltar a vestir a camisa da França depois de seis anos. Ex-Olympique de Marselha, o jogador tem 36 jogos pela seleção principal francesa e sete gols marcados. O atacante disputou a Copa do Mundo de 2010 e a Euro de 2016.

Aos 28 anos, Thauvin é o novo companheiro de Gignac no Tigres e, antes da estreia oficial no time mexicano, vai se juntar ao colega na seleção francesa em Tóquio. O atacante foi destaque do Olympique de Marselha entre 2013 e 2021 e estava no elenco da França campeã do mundo em 2018. Ao todo, o jogador tem 10 jogos e um gol pela seleção principal do seu país.

O jovem ponta, de 20 anos, pertence ao Real Madrid desde 2019, mas soma três empréstimos desde então: para Mallorca, Villarreal e Getafe. Canhoto, é o nome mais promissor do futebol japonês. Tem 11 jogos pela seleção principal. Ele esteve no elenco que disputou a Copa América no Brasil, há dois anos.

É o goleiro da seleção principal mexicana há 14 anos. Tem quatro Copas do Mundo no currículo. Foi titular no Brasil, em 2014 (veja no vídeo acima), e na Rússia, em 2018. Em ambas, foi destaque nos confrontos contra o Brasil. Aos 36 anos, Ochoa, que atua no América-MEX, tem 114 jogos pela seleção principal e vai para sua primeira participação na Olimpíada.

Aos 25 anos, Marco Asensio terá nova chance de brilhar com a camisa da Espanha. Bicampeão da Champions pelo Real Madrid, o atacante tem 26 jogos pela seleção principal e um gol marcado. Ele esteve na Copa do Mundo de 2018, mas não foi chamado para a Eurocopa.

Asensio sofreu uma grave lesão no joelho em 2019, e a temporada passada serviu para recuperar espaço em sua equipe. Fez 48 jogos no Real, dos quais 29 foram como titular. O atacante deve ser protagonista no bom time montado pelo técnico Luis de La Fuente.

O atacante Dani Olmo, de 23 anos, é um dos seis espanhóis que estiveram na Eurocopa. Ele foi titular em três partidas, entrou em outras duas e foi um dos destaques da equipe de Luis Enrique na competição, especialmente na semifinal contra a Itália. O jogador do RB Leipzig tem 16 jogos e três gols pela seleção principal da Espanha.

Novo zagueiro do Barcelona, Eric Garcia, de 20 anos, é mais um que estava na Euro. O jovem atuou em três jogos no torneio, todos como titular: contra Eslováquia, Croácia e a semifinal dianteda Itália. Ele é considerado o espanhol mais promissor da posição depois de ter se destacado na temporada 2019/20 pelo Manchester City.

Pedri foi eleito o melhor jovem da Eurocopa

Com apenas 18 anos, o meia Pedri foi o único espanhol na seleção da Eurocopa e jogador com maior número de partidas no Barcelona na última temporada. É uma das joias recentes do futebol mundial e o segundo jogador mais jovem da Olimpíada, atrás apenas do francês Doukouré. Entra na competição em Tóquio como uma das estrelas do torneio.

Unai Simón foi titular da Espanha na Eurocopa e deixou De Gea no banco. Aos 24 anos, ele vai para a Olimpíada sem precisar ocupar uma das três vagas para jogadores acima do limite de idade. Na euro, o goleiro deu um susto nos espanhóis com uma falha bizarra contra a Croácia, mas se destacou com dua defesas de pênalti contra a Suíça e uma diante da Itália.

Outros destaques

A Espanha é quem mais reúne nomes conhecidos. Além dos cinco listados acima, também valem a menção o zagueiro Pau Torres, do Villarreal, e o meia-atacante Oyarzabal, da Real Sociedad, que também estiveram na Eurocopa. O zagueiro Mingueza, titular durante boa parte da última temporada no Barcelona, e o meia Dani Ceballos, do Real Madrid, também estarão em Tóquio.

E a Argentina? A equipe comandada por Fernando Batista tem apenas um jogador acima dos 24 anos: o goleiro Ledesma, do Cádiz. Dentre os convocados, os mais conhecidos são os meias Barco, ex-Independiente e atualmente no Atlanta United, e Mac Allister (veja vídeo acima), ex-Boca Juniors e atualmente no Brighton, além do também meia Thiago Almada, um dos destaques do Vélez Sarsfield.

A Coreia do Sul não vai ter o atacante Son, do Tottenham, mas tem o jovem meia Lee Kang-In, do Valencia, que foi destaque da seleção no Mundial Sub-20 de 2019. A Nova Zelândia vai ter o atacante Chris Wood, de 29 anos, um dos goleadores do Burnley nas últimas quatro temporadas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui