Frenkie De Jong critica presidente do Barcelona: “Me dá pena dizer que estamos orgulhosos”

Autor do gol da apertada vitória do Barcelona sobre o Alavés, pelo Campeonato Espanhol, o volante Frenkie De Jong deu algumas indiretas — na verdade, bem diretas — nas entrevistas pós-jogo. Um dos alvos foi o presidente do clube, Joan Laporta, que fez um discurso motivacional ao grupo após a derrota na semifinal da Supercopa da Espanha para o Real Madrid.

— Acredito que também não jogamos mal contra o Real Madrid. Mas me dá um pouco de pena que estamos dizendo que estamos orgulhosos quando perdemos do Madrid. Não tem que ser assim quando se é o Barcelona. Quando se perde, tem que estar decepcionado — declarou o jogador, em entrevista ao canal “Movistar”, neste domingo.

Esse jogo contra o Alavés foi o segundo do Barça depois da derrota para o Real Madrid. Entre eles houve a eliminação da Copa do Rei, para o Athletic Bilbao. Por causa desses últimos resultados, o grupo vem sendo ainda mais criticado.

— Agora marquei um gol e vão dizer que joguei bem. Muita gente não vê os meus jogos bem. Tenho muito a melhorar mas também não sou um desastre — comentou o holandês.

A vitória deste domingo foi fundamental para deixar o Barcelona mais próximo da zona de classificação para a Liga dos Campeões. A diferença para o quarto colocado, o Atlético de Madrid, é de apenas aum ponto (36 a 35). E as duas equipes se enfrentam justamente na próxima rodada, no dia 6 de fevereiro, no Camp Nou.

De Jong critica discurso motivacional do presidente do Barcelona e rebate críticos — Foto: AFP

FonteBARCELONA