Fernando Alonso será operado para remover placas de titânio da mandíbula

Em janeiro de 2022, Fernando Alonso removerá as placas de titânio que colocou na mandíbula para tratar a fratura sofrida em um acidente de bicicleta na Suíça, em fevereiro deste ano. O espanhol da Alpine, praticante assíduo do ciclismo, estava treinando na região de Lugano em seus preparativos para o retorno à Fórmula 1 após duas temporadas de ausência.

– Preciso me preparar um pouco melhor do que no ano passado. O acidente não ajudou. Em janeiro, terei que tirar as placas do rosto, então terei umas duas semanas de folga. Eu estava contando os dias para ir para o Bahrein, mas não fui com um programa físico adequado, então neste inverno quero fazer um pouco mais – comentou.

Fernando Alonso, da Alpine, nos testes de pós-temporada da F1 em Abu Dhabi — Foto: Hasan Bratic/DeFodi Images via Getty Images

Fernando Alonso, da Alpine, nos testes de pós-temporada da F1 em Abu Dhabi — Foto: Hasan Bratic/DeFodi Images via Getty Images

FontePor Redação ge — Rio de Janeiro