ESTAÇÃO MAIS EMPREGO OFERECERÁ MAIS DE 500 OPORTUNIDADES PARA CONTRATAÇÃO IMEDIATA

A Prefeitura de Campo Grande, por meio da Fundação Social do Trabalho (Funsat), em parceria com empresários, realiza na próxima sexta-feira (25) o evento Estação Mais Emprego. A ação acontece das 08h às 16h, na Plataforma da Estação Ferroviária, quando serão ofertadas mais de 500 vagas de emprego para contratação imediata.

Os candidatos que participarem poderão passar por pré-seleção, entrevista e até mesmo contratação imediata no local. Para tanto, é necessário levar documentos pessoais, carteira de trabalho, comprovante de residência e currículo.

Para o Diretor Presidente da Funsat, Luciano Martins, a ação reforça e fortalece a parceria do poder público com o empresariado, visando otimizar tanto a oferta quanto a demanda do mercado de trabalho na capital. “A ação ‘Estação Mais Emprego’ consolida o compromisso da instituição com o campo-grandense na captação e divulgação das vagas de emprego e coroa todas as ações já realizadas pela Funsat”, destaca Luciano Martins.

É importante ressaltar que todas as medidas de biossegurança recomendadas pela OMS (Organização da Saúde) serão tomadas durante a ação, assim como a obrigatoriedade do uso de máscara.

Por que ‘Estação Mais Emprego’?

A chegada da ferrovia Noroeste do Brasil (NOB) a Campo Grande, que ligava Bauru a Corumbá, em 1914, transformou profundamente o destino da Cidade Morena. Com os trilhos da NOB, vieram o progresso material, novas ideias e pessoas que moldaram a história da capital sul-mato-grossense.

Antes da chegada desse moderno meio de transporte, a então vila de Santo Antônio de Campo Grande não passava de um aglomerado de ranchos e casas rústicas. O vilarejo tinha uma população de no máximo 1500 pessoas, segundo informações do engenheiro militar Themístocles Brasil, que instalou, em 1909, a primeira unidade do Exército no município.

Esses imigrantes, através de suas habilidades, contribuíram com o progresso de Campo Grande, já que na época havia poucos profissionais qualificados no município: construtores, comerciantes, agricultores, industriais, profissionais liberais entre outras atividades.

Japoneses, italianos, sírio-libaneses, espanhóis, portugueses e tantas outras colônias de imigrantes deixaram sua marca na história de Campo Grande. Em termos gerais, no início do século XX, cada colônia “se especializou” em alguma atividade econômica: os japoneses se tornaram agricultores; os espanhóis, portugueses e italianos foram pioneiros na construção e na indústria; enquanto os sírio-libaneses se dedicaram ao comércio. A ferrovia teve uma importância enorme para o desenvolvimento do Estado.

Serviço
Local: Plataforma da Estação Ferroviária
Endereço: Av. Calógeras, 5045 – Centro, Campo Grande – MS
Data: 25/02 (sexta-feira)
Horário: das 08h às 16h

Informações: Funsat – 4002-0585 ou Rua 14 de Julho 992, Vila Glória.

FonteAgência Municipal de Campo Grande