Escola Vanderlei Rosa lança jornal com foco em ações pedagógicas e da gestão

Alunos da escola municipal “Professor Vanderlei Rosa de Oliveira”, localizada no bairro Novo Maranhão, lançaram nesta quarta-feira (11), a terceira edição do jornal elaborado por alunos do 9º ano. Batizado este ano de “Raízes do Conhecimento”, a publicação aborda temas variados, como os projetos pedagógicos e esportivos desenvolvidos na unidade, até uma entrevista com o prefeito Marquinhos Trad e com a secretária municipal de Educação, Elza Fernandes e a secretária-adjunta, Soraia Campos.

O jornal iniciou em 2017, com a ideia de ser apenas um produto digital, mas a partir de uma parceria entre a escola e a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), por meio da professora de História, Maria Lima, acabou se ganhando uma versão impressa com a proposta de trabalhar produção de texto nas aulas de História.

A publicação teve apoio da Secretaria Municipal de Educação e da Federação dos Trabalhadores nas Indústrias do Estado de Mato Grosso Sul, que em 2018 conseguiu imprimir dois mil exemplares.

Presente na solenidade de lançamento do jornal, o secretário municipal de governo e Relações Institucionais, Antônio Lacerda, elogiou a equipe da escola e ressaltou o comprometimento da  Semed com a educação.

“Um país só é reconhecido como de primeiro mundo com investimentos na Educação. Por isso eu cumprimento quem comanda a Educação do município porque estamos entre as melhores do país. Temos uma equipe comprometida que se empenha para oferecer um ensino de qualidade”, destacou.

A secretária de Educação Elza Fernandes destacou também o trabalho da escola e pontuou os futuros projetos para a Rede Municipal de Ensino para a comunidade escolar.

“O jornal é a oportunidade de divulgar um pouco dos projetos da escola e da gestão para a comunidade. Fico feliz em dizer que chegamos ao final de mais um ano com muito êxito, com alunos vencedores de prêmios. Para o próximo ano teremos mais três escolas em tempo integral na Reme, além de quatro unidades que vamos assumir do Estado. Será um grande desafio, mas temos gestores muito competentes e vamos nos empenhar mais ainda”, disse.

Já a diretora da escola, Lucilene Fernandes de Oliveira, falou sobre a importância pedagógica do projeto para os estudantes.

“É um momento ímpar porque é a continuidade de um trabalho. É uma construção de conhecimento, onde os alunos que elaboram o jornal, escolhem os assuntos. Isso é importante para o processo pedagógico porque o aluno precisa construir seu conhecimento. O projeto mudou o comportamento deles e até a forma de se portarem na escola. É uma experiência que vão levar para a vida toda”, pontuou.

Para desenvolver o projeto do jornal da escola a professora Maria Lima ofereceu toda a assessoria para a elaboração do jornal, explicando aos professores todas as etapas de edição.

Aprendizado

Para os alunos da escola, o projeto surtiu efeito na aprendizagem. Assim foi para o estudante João Pedro Facchini dos Santos, 15 anos, do 9º ano, que escreveu sobre a atual gestão municipal do prefeito Marquinhos Trad e a Segunda Guerra Mundial.

“Foi um projeto interessante porque conseguimos agregar muitos assuntos e fomos até o gabinete do prefeito para entrevistá-lo. Escolhi a Segunda Guerra porque acho interessante e sempre tive muitas dúvidas sobre o tema”, afirmou.

O aluno disse que gosta de ler jornais, mas como é tímido, não pensa em seguir carreira na área de Comunicação.

Para Igor Gutierrez da Silva Ramos, 14, 9º ano, foi uma experiência rica em aprendizagens. “Fiz  um texto sobre gravidez da mulher e aprendi muitas coisas sobre o que acontece nesse período. Também aprendi sobre doenças e gravidez precoce. Em Português me ajudou muito, ficou mais fácil para produzir os textos”, mencionou.

Projeto

O jornal é feito pela turma dos alunos dos 9º anos da escola e é considerado pelos professores como um “marco de série” desta etapa. Cada ano escolar na unidade Vanderlei tem um projeto especifico. O nome do jornal é alterado todo ano, de forma democrática, através de votação da comunidade escolar.

Neste ano os alunos visitaram a Câmara Municipal e o gabinete do prefeito Marquinhos Trad para produzir o material especial. As secretárias  Elza Fernandes e Soraia Campos também concederam entrevista destacando as realizações da gestão.

A publicação contou com três mil exemplares. Uma parte foi distribuída no lançamento e o restante será no início do ano de 2020 para a comunidade escolar.