28.8 C
Campo Grande
quarta-feira, julho 17, 2024

Emprega CG Mulher soma mais de 100 atendimentos na sede da Funsat

Em alusão ao Mês da Mulher, a Fundação Social do Trabalho (Funsat) realizou nesta quarta-feira (13) o Emprega CG Mulher, iniciativa que reuniu 6 (seis) empresas parcerias na sede da secretaria, ofertando 111 vagas exclusivas para o público feminino. Durante a ação, foram atendidas 102 mulheres, sendo 77 encaminhadas para o mercado de trabalho.

Jaci Vieira do Nascimento, 61 anos, ficou sabendo do Emprega CG pela televisão e foi a primeira a chegar na Funsat nesta quarta-feira. Por volta das 5h da manhã, ela já aguardava para retirar uma senha. “Fiquei esperando até abrirem as portas. Como tem muita gente buscando emprego, eu pensei: vou ser a primeira. Quero muito uma vaga”, afirma Jaci, que tem experiência em serviços de escritório e atuou como assistente financeiro/administrativo em seu último emprego formal.

“Mas hoje estou procurando outras vagas, na área de limpeza ou auxiliar de cozinha. Estou bem confiante, eu tenho certeza que vou sair daqui empregada. Essas ações da prefeitura são maravilhosas”, comenta Jaci, que passou pela entrevista para auxiliar de cozinha e receberá um retorno da empresa em até cinco dias.

Vanessa Santos Colombo, 26 anos, está procurando uma vaga de atendente de farmácia. Ela destaca que a ação realizada na sede da Funsat dá mais segurança aos candidatos, tendo em vista que o processo de seleção e entrevista é realizado no mesmo local. “A entrevista foi ótima, eles me atenderam muito bem, agora é esperar [o contato]. A expectativa é grande”, diz.

Durante a ação, as candidatas participaram de um encontro especial sobre superação com a empreendedora Tatiane Nantes, que contou sua experiência pessoal na luta contra o câncer de mama. “A gente costuma ver essas histórias em novelas e filmes, então achei interessante eu contar a minha para outras mulheres”. Ao narrar sua experiência, ela revelou que não tinha medo do câncer em si, mas sim da quimioterapia.

“Eu pensava, estou com câncer, então vamos tratar o câncer, assim como foi com a Covid-19, que peguei duas vezes. Foi assim que eu reagi e lutei. Desde o primeiro momento eu escolhi como iria passar por isso, e foi dessa forma até o final do tratamento. Meu protocolo era quimioterapia, cirurgia e radioterapia. Apesar de falarem das dificuldades do tratamento, eu acho que a maneira como você recebe e trabalha com aquilo é determinante. Minha rede de apoio fez total diferença”, afirmou Tatiane.

Funsat tem vagas para os mais diversos perfis, além dos cursos de qualificação

Segundo a coordenadora de Vagas e Emprego, Denize Morais, a Funsat tem oportunidade de emprego para todos. “Sabemos que cada pessoa que comparece aqui tem uma pretensão e, na maioria das vezes, um lar para cuidar, então nós atendemos todos da melhor forma possível, buscando a opção que melhor se encaixe no perfil do candidato”.

O diretor-presidente da Funsat, Paulo da Silva, explica que ações direcionadas para públicos específicos tendem a ter melhores resultados. “Quando fazemos a segmentação de determinado público, conseguimos atingir melhor o alvo. Como estamos no Mês da Mulher, trouxemos algumas empresas aqui para ofertar vagas específicas para o público feminino”.

Além disso, ele frisa que as moradoras do Jardim Vida Nova e Jardim Noroeste interessadas em qualificação profissional, podem se inscrever no Programa Mulheres Mil e participar dos cursos realizados pela Escola da Funsat nos respectivos Cras (Centro de Referência de Assistência Social). “Estamos hoje com quatro cursos abertos, funcionando aqui na Fundação, todos com salas cheias, para qualificar as pessoas”.

FonteAgência Municipal de Campo Grande