Em sessão online, Evander solicita respiradores mecânicos para hospitais de Corumbá

O deputado estadual Evander Vendramini (Progressistas) encaminhou requerimento à Assembleia Legislativa em que solicita ao Governo do Estado e à Secretaria de Estado de Saúde 20 respiradores mecânicos para atender o município de Corumbá. No mesmo documento, Evander solicita equipamentos de proteção individual (EPIs) para os profissionais de saúde e outros equipamentos para o tratamento do Covid-19. A sessão foi realizada de forma remota, por videoconferência, na manhã desta terça-feira, 7.

Dentre os outros aparelhos que o parlamentar requisita, estão oxímetros (para medir a oxigenação do sangue), capnógrafos (monitores de gás carbônico exalado, que permitem avaliar alterações em pacientes com respiração espontânea) e bombas de infusão (equipamentos que administram medicamentos no sangue), além de tubos, bicos plásticos, cama, e demais acessórios.

Essenciais no tratamento contra o Covid-19, os respiradores mecânicos auxiliam na respiração de pacientes que têm os pulmões comprometidos. Conforme levantamento da Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 5% dos infectados pelo coronavírus precisam de cuidados intensivos, que incluem internação em UTIs e respiradores mecânicos, em decorrência da Síndrome do Desconforto Respiratório Agudo (SDRA).

Evander lembra que Corumbá é um polo regional de saúde e atende moradores dos municípios vizinhos. “Corumbá tem aproximadamente 115 mil habitantes e uma estreita ligação com as cidades bolivianas de Puerto Suárez e Puerto Quijarro, que, juntas, somam 45 mil habitantes, além de dar suporte a Ladário, com mais 25 mil habitantes. O município tem uma grande responsabilidade e precisa estar amparado pelo Poder Público”, ressaltou.

Para o progressista, contar com investimentos públicos para combater a enfermidade e proteger as pessoas contra o vírus é essencial nesse momento de pandemia causada pelo novo coronavírus. “Na minha solicitação, sugiro que orçamento para viabilizar a aquisição dos aparelhos e equipamentos deva ser destinado à Secretaria Municipal de Saúde de Corumbá, que fará a gestão desses recursos. Espero ser atendido o mais breve possível, para que possamos evitar a perda de vidas por falta de insumos hospitalares”, finalizou Evander.