Eleito craque do Mundial, Thiago Silva celebra o título: “Esperei 37 anos por esse momento”

Após viver um momento de tensão na final do Mundial de Clubes, ao ser protagonista no pênalti que encaminhou o empate para o Palmeiras, Thiago Silva fechou a final em Abu Dhabi em alta. Além do inédito troféu de campeão, que veio depois de uma vitória por 2 a 1 na prorrogação, o brasileiro levou para casa o prêmio de melhor jogador da competição, aos 37 anos.

Em entrevista ao site oficial da Fifa, Thiago Silva comentou que, ao longo da carreira, sempre imaginou a oportunidade de ser campeão mundial. E comentou como foi difícil conquistar a vitória no último sábado.

Sinto uma felicidade imensa. Esperei 37 anos por este momento. Fiz muitos sacrifícios por isso. É tão, tão difícil se tornar um campeão mundial. Eu estou realmente feliz. Estamos todos muito felizes.”
— Thiago Silva, zagueiro do Chelsea
Thiago Silva posa com o troféu do Mundial de Clubes — Foto: Getty Images

Thiago Silva posa com o troféu do Mundial de Clubes — Foto: Getty Images

– Foi um jogo muito difícil. Em finais como esta, pequenos detalhes fazem a diferença. Eles marcaram em um pênalti de mão, nós tivemos um pênalti de mão. Mas acho que no geral merecíamos o resultado, merecíamos sair de campo como campeões mundiais – comentou.

 

Ao conversar com site da entidade, o técnico Thomas Tuchel brincou com o lance em que Thiago Silva subiu com Gustavo Gómez e atingiu a bola com seu braço, no segundo tempo. Raphael Veiga cobrou o pênalti de forma certeira, levando o jogo para prorrogação, depois de Lukaku abrir o placar. O treinador também deixou clara a satisfação em ver o veterano sendo premiado individualmente.

– Bem, ele quase arruinou suas atuações com uma bola na mão no pênalti (risos). Ele é um jogador fantástico, um cara fantástico, merece todo o crédito. É isso que esperamos dele. Estou feliz por ele ter este troféu. Ele absolutamente merece – disse Tuchel.

Zagueiro foi eleito o craque do Mundial de Clubes  — Foto: Getty Images

Zagueiro foi eleito o craque do Mundial de Clubes — Foto: Getty Images

 

A conquista do Mundial de Clubes completa a galeria de troféus do Chelsea, que passou a ser um gigante europeu e conquistar títulos de relevância internacional no começo do século, quando foi comprado por Roman Abramovich. De lá para cá, foram 2 troféus da Liga dos Campeões (2011/12 e 2020/21), 2 da Liga Europa (2012/13 e 2018/19), 1 da Supercopa da Europa (2021), além de 5 do Campeonato Inglês (2004/05, 2005/06, 2009/10, 2014/15 e 2016/17), 5 da Copa da Inglaterra (2006/07, 2008/09, 2009/10, 2011/12 e 2017/18), 3 da Copa da Liga (2004/05, 2006/07 e 2014/15) e 2 da Supercopa da Inglaterra (2005 e 2009).