Doria confirma a retomada do Campeonato Paulista

O governador de São Paulo, João Doria, confirmou, em entrevista ao Jornal da CBN nesta sexta-feira (9), a retomada do Campeonato Paulista. De acordo com o tucano, o Ministério Público encaminhou ontem um documento com um novo protocolo contra o coronavírus que foi aceito pelo Centro de Contingência da Covid-19. O anúncio oficial deve ser feito em coletiva de imprensa no começo da tarde hoje.

Doria também disse que vai cumprir a decisão do Supremo Tribunal Federal que suspende a realização de missas e cultos religiosos. “Se você desobedecer a Suprema Corte você desconsidera a existência da Justiça no Brasil. Se a Corte Suprema do país decidiu pela manutenção da restrição para cultos em igrejas, templos ou qualquer outro tipo de manifestação celebrativa, nós vamos seguir”, disse. O governador afirmou, no entanto, que as igrejas e os templos continuam abertos para os fiéis, que podem frequentar os ambientes sem formar aglomerações.

Em relação ao risco de apagão de vacinas, Doria afirmou que não há interrupção na produção dos imunizantes por falta do IFA (Ingrediente Farmacêutico Ativo). “Tanto é que na próxima segunda-feira estaremos fazendo a entrega de mais 1 milhão de doses da vacina do Butantan”, garantiu. O governador também afirmou que o Instituto Butantan deve começar a fabricar a CoronaVac totalmente no Brasil a partir de dezembro. Ele lembrou que os brasileiros precisarão ser imunizados todos os anos contra a covid-19.

O tucano ainda defendeu a instalação da CPI da Covid-19 e disse não temer um debate político com influência eleitoral no colegiado. Ele evitou, no entanto, falar da possibilidade de impeachment do presidente Jair Bolsonaro.