Detran-MS orienta mais de 2,3 mil alunos em primeira semana do Maio Amarelo

A equipe de Educação para o Trânsito do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) em parceria com o Grupo Enzo, realizou, durante a primeira semana de Campanha Maio Amarelo, uma série de palestras educativas sobre as regras de trânsito atendendo pouco mais de 2,3 mil crianças em escolas públicas e particulares na Capital.

A atividade para crianças funciona de forma lúdica. Eles recebem um talonário de multas para “fiscalizar” os adultos na direção. Estes terão de pagar o valor em bombons. “É brincando que eles vão interagindo e colocando em prática o que aprendem. Dessa forma, além de multiplicar as informações, estamos formando cidadãos mais conscientes”, explicou a diretora de Educação para o Trânsito do Detran-MS, Elijane Coelho.

Publicidade

Além do talonário de multa, na ocasião, cada estudante recebe um lixo car para veículo contendo guloseimas. No decorrer do mês, está previsto o atendimento de 14 mil estudantes em escolas da rede particular e pública da Capital.

De acordo com a diretora, o intuito da ação é motivar os estudantes sobre a observação do comportamento dos seus familiares no trânsito seja como pedestre ou motorista. “As crianças são muito receptivas e participam das atividades interagem com os heróis. Eles se comprometem a fiscalizar seus pais e esperamos que isso resulte em um bom comportamento no trânsito”, concluiu.

Durante as palestras educativas, as equipes apresentaram a Liga do Trânsito, com personagens como o Flash, Mulher Maravilha, Batmam e Super Homem, que aproveitaram para explicar sobre algumas infrações de trânsito, como o não uso do cinto de segurança, ultrapassar o sinal vermelho e usar o celular enquanto dirige.

Além das atividades escolares, o Maio Amarelo deste ano também conta com ações de blitzes educativas nas ruas  realizadas pela equipe de fiscalização do Detran. Conforme a gestora de educação para o trânsito, Soraya de Araújo Almeida, durante as ações, foram observados cerca de 300 condutores cometendo algum tipo de infração. “Os motoristas e pedestres que circularam nas proximidades das escolas também receberam orientação da equipe”, explica.