De olho na retomada do turismo, MS é destaque dos produtos oferecidos pelas maiores operadoras do país

Mesmo com as restrições impostas pela pandemia de coronavírus, a Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (Fundtur-MS) continua o trabalho de aproximação, qualificação e fortalecimento de parcerias para a retomada das atividades. Um exemplo disso são as ações junto às operadoras de turismo que não pararam durante a quarentena, como por exemplo os treinamentos online com agentes de viagens, atualização de pacotes e lives para tratar de assuntos de interesse do setor e dos turistas.

Para o diretor-presidente da Fundtur-MS, Bruno Wendling, esse trabalho contínuo é importante tanto para o destino, quanto para empresários e turistas. “Assim que as atividades turísticas forem autorizadas pelos órgãos competentes, que os empreendimentos estiverem de acordo com os protocolos de biossegurança e os turistas tiverem confiança para viajar, eles já poderão encontrar produtos do MS na prateleira das operadoras e agências de viagens”, ressalta.

Segundo Karla Cavalcanti, gerente de Mercado da Fundtur-MS, o Programa de Relacionamento com Operadoras foi iniciado há 2 anos. “Conseguimos rapidamente uma forte parceria com as maiores operadoras emissivas do Brasil e, desde o início da pandemia, fizemos várias ações para posicionar o Mato Grosso do Sul em seus portfólios. Nossa parceria é ativa, portanto vamos continuar fazendo ações para fortalecer ainda mais nossa presença. Queremos o MS na prateleira e em destaque. Com certeza este trabalho surtirá efeito de aceleração da recuperação do turismo do MS”, enfatiza.

Aldo Leone Filho, CEO da Agaxtur, garante que a operadora tem feito muitos trabalhos com Mato Grosso do Sul durante o período de quarentena. “Fizemos lives, treinamentos com funcionários, temos feito um trabalho maravilhoso com o destino. Mato Grosso do Sul está sendo ofertado e faz parte da prateleira da Agaxtur, pois acredito muito que o turismo de natureza vai ganhar mais força a partir de agora. O país está aberto a novos destinos e acredito que a região sul vai ser um grande consumidor desse segmento. Vamos continuar fazendo o marketing e treinamentos, não só com agentes de viagens, mas também com o consumidor final para que ele conheça mais de Mato Grosso do Sul”.

É o que diz também o diretor Comercial da Schultz Operadora, Rodrigo Rodrigues. Ele conta que serão feitos treinamentos online sobre Mato Grosso do Sul para os agentes de viagens para dar continuidade ao trabalho iniciado no início de 2020, durante convenção que teve participação de Mato Grosso do Sul. “Faremos uma live sobre o destino e lançaremos campanha de vendas. Tanto a Fundtur, quanto nossos fornecedores parceiros do MS, têm nos mantido sempre atualizados sobre a situação da região e as orientações e protocolos que estão sendo adotados para a retomada. MS está no nosso portfólio de produtos, pois acreditamos que muitos viajantes buscarão destinos de natureza, ecológicos e com atividades ao ar livre. E essas características não faltam ao Mato Grosso do Sul”.

Para Adonai Aires de Arruda Filho, diretor geral da BWT Operadora a Fundtur sempre foi bem atuante. “Quando vieram as paralisações por conta da pandemia, a instituição não deixou de atuar e ficamos sempre assistidos. Conseguimos organizar lives de treinamento com os agentes, recebemos vídeos e apresentações que ficam disponíveis para as agências de viagens, recebemos atualizações dos destinos, então realmente tá sendo muito importante essa parceria com o Estado. Sabemos do potencial da região para trabalhar e já estamos gerando algumas demandas  futuras. Percebemos que tem muita gente querendo o turismo de natureza no momento, então Mato Grosso do Sul segue na nossa prateleira e acreditamos muito na rápida retomada do turismo da região”, salienta Adonai.

O trabalho desenvolvido pela Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul com operadoras de referência no mercado, tem o objetivo de estimular a oferta de pacotes. Elas lançam tendências e despertam o desejo pelos destinos, ou seja, os produtos que estão bem posicionados em seus portfólios ficam em evidência no turismo, seja frente a profissionais ou ao público final.

A FRT Operadora aposta em viagens terrestres na retomada do turismo na região. É o que diz a gestora de Produtos, Dayana Medes. “Algo que temos divulgado e promocionando bastante na nossa região, num raio de cerca de 1000 km, é a campanha “viaje com o seu carro”. Fizemos nosso treinamento sobre o destino Bonito e Pantanal, falamos das opções de passeios, hotelaria, fazendas pantaneiras e lançamos produtos para os destinos. A Fundtur tem nos munindo de informações locais e enviado todas as atualizações dos destinos, sobre a reabertura do Estado como um todo, vídeos para que possamos repassar a nossos clientes. O destino já é uma das nossas primeiras ofertas lançadas aos clientes”.

A CVC, maior operadora de viagens da América Latina, também é uma das parceiras do turismo de MS. O diretor de Produtos Nacionais da operadora, Claiton Armelin, cita que a empresa vem trabalhando num pacote de iniciativas. “Somente no mês de junho, a CVC fez três treinamentos sobre os destinos do MS em parceria com o receptivo local, atualizações sobre os aéreos e aberturas de hotéis. Acreditamos muito no potencial do destino pós-pandemia. Neste primeiro momento, a operadora percebe que os clientes estão preferindo optar por destinos mais próximos de seu local de origem. Desta forma o turismo regional no estado, como Pantanal e Bonito, irá se beneficiar”.

O diretor de produtos salienta ainda que o “novo normal” vai exigir das empresas de turismo e intermediadores de serviços uma preocupação ainda maior com higienização. “Como o retorno do fluxo será gradativo, a CVC somente disponibilizará em seu sistema de vendas de reservas produtos e serviços os fornecedores com esse comprometimento, com protocolos de segurança e boas práticas de higiene”.