Cúpula da CPI da Covid fará visita de solidariedade a Alexandre de Moraes

A cúpula da CPI da Covid fará nesta terça-feira (24) uma visita de solidariedade ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, alvo de um pedido de impeachment por parte do presidente Jair Bolsonaro.

Segundo o vice-presidente da CPI, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), cerca de dez senadores da comissão vão participar do encontro, previsto para as 17h, no STF.

Na avaliação da cúpula da CPI, o pedido de Bolsonaro foi um ato político, sem embasamento jurídico, para tentar intimidar e ameaçar um ministro do Supremo que está atuando de forma independente em relação a atos do presidente da República.

“O presidente quer seguir na sua guerra política com o Judiciário, em especial com Alexandre de Moraes e [o também ministro] Luís Roberto Barroso, e a CPI vai prestar solidariedade ao ministro Alexandre de Moraes”, afirmou o senador.

Randolfe disse ainda que, durante a visita, os senadores da CPI vão pedir formalmente, de forma presencial, o compartilhamento de dados do inquérito das fake news com a comissão, nos pontos que tratam de divulgação de informações falsas em relação ao enfrentamento da pandemia. Principalmente nos relacionados à atuação de grupos bolsonaristas e sobre quem estaria financiando essa operação nas redes sociais.