Cristiano Ronaldo pede “reação” ao United, e Bruno Fernandes diz que seguirá batendo pênaltis

Apesar do elenco estelar, o Manchester United perdeu sua segunda partida seguida em menos de uma semana no último sábado. Após ser eliminado pelo West Ham em Old Trafford na Copa da Liga Inglesa, os Red Devils perderam em casa novamente, desta vez para o Aston Villa pela Premier League.

E diante desses tropeços seguidos, Cristiano Ronaldo ligou o sinal de alerta.

– Estamos apenas no início, mas numa competição tão forte como a Premier League, todos os pontos contam! Temos de reagir imediatamente, nos levantar e mostrar a nossa força – disse o craque português, que passou em branco nessas duas derrotas, nas redes sociais.

O resultado diante do Aston Villa, entretanto, poderia ter sido diferente. Nos acréscimos do segundo tempo, Bruno Fernandes, compatriota de CR7, isolou uma penalidade e desperdiçou a chance do empate.

O ex-jogador do Sporting, peça fundamental no United nas últimas temporadas, desabafou nas redes sociais, pedindo desculpas, mas dizendo que seguirá cobrando pênaltis…

– Sempre assumi as minhas responsabilidades em momentos de pressão, como este. Falhei. Mas voltarei a assumir a responsabilidade, sem medo ou receio quando voltar a ter a oportunidade – disse Bruno Fernandes, que disse ter ficado “emocionado” ao ouvir os torcedores em Old Trafford cantarem seu nome mesmo após ele perder a cobrança.

Na próxima quarta-feira, o Manchester United tentará se recuperar da série de tropeços contra o Villarreal, de novo no Old Trafford, pela segunda rodada do Grupo F da Liga dos Campeões da Uefa. Como perdeu para o Young Boys na estreia, o time inglês precisa da vitória não apenas para deixar a lanterna da chave como também para diminuir a pressão sobre o seu treinador.

Cristiano Ronaldo e Bruno Fernandes reclamam durante United x Aston Villa — Foto: REUTERS/Phil Noble

Cristiano Ronaldo e Bruno Fernandes reclamam durante United x Aston Villa — Foto: REUTERS/Phil Noble