CONSELHEIROS REGIONAIS SE REÚNEM COM PREFEITURA PARA APRESENTAÇÃO DA SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS

Os conselheiros regionais das 7 regiões urbanas de Campo Grande participaram nesta quarta-feira (12), de uma reunião de trabalho com o prefeito Marquinhos Trad e o subsecretário de Articulação Social e Assuntos Comunitários, Francisco Almeida Teles. O objetivo do encontro foi traçar estratégias para acelerar a resolutividade das demandas dos bairros, encurtando o caminho entre a população e os órgãos públicos municipais.

Vinculada à Segov, a nova subsecretaria foi criada neste ano de 2021 e atua como ponte entre as lideranças e o gabinete do prefeito, no sentido de entender exatamente o que cada comunidade precisa e direcionar os serviços necessários para cada região. Para o subsecretário Chiquinho Teles, a criação da pasta demonstra o compromisso da atual gestão municipal com a população, no sentido de tornar cada vez mais acessível os serviços públicos das pessoas.

“Atuamos para encurtar o caminho das lideranças junto à Prefeitura. Somos o elo junto as secretarias e direcionamos os pedidos na busca de resolvê-los o mais rápido possível”, frisou Chiquinho.

Para o presidente da mesa diretora da Região Urbana do Segredo, Passini Catharinelli, a criação da subsecretaria é um avanço muito importante. “Campo Grande está se desenvolvendo muito rápido. A subsecretaria vai ser o elo com o prefeito e secretários para atender às reivindicações das comunidades”.

O vice-presidente do conselho da Região do Lagoa, Luiz Coronel, destaca que a subsecretaria foi criada numa boa hora e trará muitos benefícios para a população. “Com certeza atenderá as reivindicações porque nós estaremos juntos acompanhando os trabalhos, mesmo que cada uma das regiões tenham uma realidade diferente das outras. Estaremos com a equipe da prefeitura acompanhando os trabalhos”.

O diretor de Gestão Democrática da Agência Municipal de Meio Ambiente e Planejamento Urbano (Planurb), João Thomas, participou da reunião e destacou a importância de uma unidade da prefeitura exclusiva para atender as lideranças. “A subsecretaria vai unir a comunidade com a Prefeitura da Capital para execução de serviços e demandas advindos da população e da comunidade em geral, que é quem conhece as necessidades de cada bairro”, pontuou.