Coman é multado pelo Bayern por ir ao treino com carro de concorrente de patrocinador

O meia-atacante Coman foi multado pelo Bayern de Munique em 50 mil euros (R$ 334 mil) nesta segunda-feira, segundo o jornal “Bild”. O motivo? Por ir com um carro da Mercedes-Benz para o treinamento. Desde janeiro de 2020, todo o elenco do time deve comparecer ao CT e eventos oficiais da equipe apenas em veículos da Audi, patrocinadora e acionista do clube.

A montadora parceira possui 8,33% das ações do Bayern de Munique. Os jogadores do clube recebem carros da Audi de presente. O contrato é até 2029 e rende 50 milhões de euros por ano ao time alemão. A seguradora que dá nome ao estádio da equipe e a fornecedora de material esportivo também são acionistas.

Mas Coman foi ao treino com outro veículo e foi barrado na entrada. Segundo o “Bild”, ele teve que estacionar na rua. Não foi a primeira vez que o francês enfrentou tal problema. Em abril do ano passado, Coman chegou ao CT do Bayern com uma McLaren. O meia-atacante foi punido, se desculpou e alegou que seu Audi estava quebrado.

O zagueiro Süle e o atacante Lewandowski também foram citados pelo “Bild” como outros jogadores que já foram punidos pelo Bayern pelo mesmo problema.

Coman foi multado pela segunda vez pelo Bayern de Munique por não ir ao treino em carro da patrocinadora — Foto: Gaston Szerman/Getty Images

Coman foi multado pela segunda vez pelo Bayern de Munique por não ir ao treino em carro da patrocinadora — Foto: Gaston Szerman/Getty Images