Com Tri, Mundial e R$ 83 mi em jogo, Landim projeta final do Flamengo x Palmeiras: “Tira-teima”

Faltam oito dias para a final da Libertadores, e, mesmo durante o evento de apresentação do projeto do museu do Flamengo, na noite de quinta-feira, o tema que tomou conta das rodas de conversa foi o duelo com o Palmeiras. Afinal, há muito em jogo no dia 27, no estádio Centenário.

O presidente Rodolfo Landim lembrou que o título renderia US$ 15 milhões (cerca de R$ 83 milhões) ao Flamengo, mas acredita que a principal conquista seria esportiva. Além do tri da principal competição do continente, o clube garantiria vaga no Mundial de Clubes, em fevereiro.

– Para começar, tem um impacto direto na premiação, que é bastante grande. São US$ 9 milhões (cerca de R$ 50 milhões) de diferença do primeiro para o segundo colocado. Fora isso, tem classificação para o Mundial, uma série de coisas. Existe o impacto econômico, mas o esportivo é ainda maior. Todo mundo quer ser campeão. Vai ser uma final interessante entre os dois últimos campeões, um tira-teima – afirmou Landim.

O bom desempenho do time nos últimos jogos melhorou a relação do time e do técnico Renato Gaúcho com os torcedores, que fizeram uma grande festa após a vitória sobre o Corinthians, no Maracanã, na despedida dos rubro-negros antes da decisão. O momento mais difícil vivido na temporada foi a eliminação na Copa do Brasil, que Landim viu com naturalidade.