Com reviravolta incrível e 78 pontos de Westbrook e Beal, Wizards desbancam os Nets

Fui um daqueles jogos com final para marcar a temporada 2020-2021. O Brooklyn Nets chegou a abrir 18 pontos de vantagem, infernizou o Washington Wizards com Kevin Durant (37 pontos) e Joe Harris (30 pontos), mas o time da capital foi valente e conseguiu uma reviravolta espetacular no último quarto para vencer o jogo por 149 a 146. Russell Westbrook e Bradley Beal combinaram para 78 pontos, com o camisa 0 protagonizando o arremesso heroico da vitória.

Mesmo 5 pontos atrás a 12.3 segundos do fim, o Washington “renasceu das cinzas” com uma bola de três improvável de Beal, seguida de uma roubada crucial de Mathews, e por fim, de um arremesso heroico de Russell Westbrook a 4.4 do fim. Westbrook teve 41 pontos, 10 rebotes e 8 assistências, e Beal anotou 37 pontos, 5 rebotes e 4 assistências. O Brooklyn teve quebrada uma sequência de 4 vitórias seguidas. Kyrie Irving saiu de quadra com 26 pontos e 8 assistências.

O JOGO

 

1º Quarto – Durant e Kyrie conduzem ataque avassalador e Nets se impõem
Liderado por Joe Harris e principalmente Kevin Durant, o Brookyn Nets teve um ótimo aproveitamento dos arremessos nos primeiros minutos e logo assumiu a frente no placar. A boa movimentação de bola também foi uma marca do bom começo dos Nets. O Washington caminhava no sentido oposto, com péssimo aproveitamento de seus arremessos e defesa muito frágil.

O Brooklyn logo abriu 14 pontos de vantagem, deixando Bradley Beal bastante frustrado. As bolas de três do time da capital teimavam em não cair, e o time ficava cada vez mais para trás no placar, com Beal e Westbrook apagados. Scott Brooks pediu nada menos que três tempos na parcial. Ao fim do primeiro quarto, o time de Nova York vencia por 38 a 28.

2º Quarto – Wizards vencem batalha entre as segundas unidades e cortam a diferença
Com lampejos de peças como Ish Smith e Mo Wagner, o Washington conseguia cortar uma vantagem que chegou a 18 pontos para apenas 3 a 10 minutos do intervalo. A segunda unidade dos Nets também não conseguiu manter a produtividade do time que começou o jogo. Cestinha da NBA na temporada, Bradley Beal não arremessou uma bola sequer até a marca de 8 minutos para o intervalo.

Quente nas bolas de três, Joe Harris despontava com cestinha do jogo. Durant voltava à quadra na metade da parcial. Com Ish Smith inspirado e Beal assumindo mais um papel de facilitador, os Wizards se mantiveram na cola dos Nets. Westbrook conseguia ajudar com sua habitual intensidade, e num lance livre de Beal, o anfitrião assumia a liderança. Ao fim do primeiro tempo, o Brooklyn vencia por 71 a 65. Durant tinha 21 pontos e Westbrook, 17.

3º Quarto – Com Durant e Harris, Brooklyn volta a ser superior e abre vantagem
No começo do segundo tempo, o Washington conseguiu manter um equilíbrio e a vantagem dos Nets na casa dos 5 pontos. Mas Kevin Durant e Joe Harris eram implacáveis e não deixavam o anfitrião sonhar com a liderança. Num lance de contra-ataque o Brooklyn voltava a ter uma vantagem na casa dos dígitos duplos. O time visitante soube manter o Washington sob controle, e ao fim do quarto, vencia por 108 a 101.

4º Quarto – Wizards conseguem reviravolta e vencem o jogo
Saindo do banco de reservas, Jeff Green, despontando como terceiro cestinha do time, brilhava e atuava como uma ajuda importante para que o Brooklyn mantivesse a vantagem confortável no placar. Melhor em quadra pelos Wizards, Westbrook seguia ativo no ataque, mantendo as esperanças do time. Bradley Beal também buscava uma abordagem mais agressiva, assim como Mo Wagner.

O Washington cortava a diferença para 2 pontos a 6:30 do fim do jogo. Westbrook fazia sua melhor partida com a camisa do Washington com cestas decisivas na reta final. Harris, sangue frio, também acertava a mão nos momentos finais, ajudando a manter o Brooklyn na liderança. Westbrook empatou o jogo em 141 a 141 a 40 segundos do fim.

Kyrie converteu uma cesta a 30 segundos do fim, deixando o Brooklyn 2 pontos à frente. Bradley Beal errou o arremesso no ataque seguinte dos Wizards, e o Washington pôr Green na linha de lance livre. Três pontos atrás, Westbrook errou uma bola de três a 12 segundos do fim e deixou a vitória na mão do Brooklyn.

Só que Bradley Beal conseguiu uma bola de três improvável, muito contestado, que deixou o Washington dois pontos atrás. Na saída de bola dos Nets, Garrison Matthews conseguiu a roubada e assistiu Westbrook para uma bola de três que pôs o Washington um ponto na frente. O Brooklyn tentou a vitória com Luwawu-Cabarrot embaixo da cesta, mas o ala errou e Beal foi para a linha de lance livre, fechando o placar em 149 a 146.

Wizards: 4v e 12d (15º Leste)
Nets: 13v e 9d (2º Leste)

Kawhi lidera os Clippers em vitória sobre os Knicks

 

Na vitória do Los Angeles Clippers sobre o New York Knicks por 129 a 115, o astro Kawhi Leonard foi o grande destaque do time californiano ao anotar 28 pontos. Num jogo equilibrado, os Clippers tiveram um terceiro quarto contundente e encaminharam o triunfo. Paul George teve boa atuação com 17 pontos, 8 rebotes e 5 assistências. Nos Knicks, o melhor em quadra foi mais uma vez Julius Randle, com 27 pontos e 12 rebotes.

Knicks: 9v e 12d (9º Leste)
Clippers: 16v e 5d (2º Oeste)

Tobias Harris conduz 76ers à vitória contra os Pacers

 

Com 27 pontos e 8 rebotes, Tobias Harris foi o destaque do Philadelphia na vitória sobre o Indiana Pacers por 119 a 110. No Indiana Pacers, Malcolm Brogdon teve 25 pontos.

Pacers: 11v e 9d (4º Leste)
76ers: 15v e 6d (1º Leste)

Siakam brilha em vitória dos Raptors sobre o Magic

 

O camaronês Pascal Siakam teve noite de gala ao ajudar com 30 pontos, 10 rebotes e 3 roubadas na vitória do Toronto Raptors sobre o Orlando Magic por 115 a 102. O Orlando pagou caro o péssimo primeiro quarto, de apenas 15 pontos. O destaque do time da Flórida foi Nikola Vucevic com 15 pontos e 14 rebotes.

Raptors: 8v e 12d (12º Leste)
Magic: 8v e 13d (10º Leste)

Wolves vencem os Cavs em final apertado

 

Malik Beasley e o calouro Anthony Edwards fizeram 23 pontos cada, e ajudaram o Minnesota Timberwolves a vencer o Cleveland Cavaliers por 109 a 104. No time de Ohio, Andre Drummond teve 25 pontos e 22 rebotes.

Wolves: 5v e 14d (15º Oeste)
Cavaliers: 9v e 11d (7º Leste)