Com Neymar e Alisson, Fifa anuncia indicados ao prêmio The Best; confira a lista completa

A Fifa anunciou nesta segunda-feira os indicados ao prêmio The Best, que coroa os melhores do ano no futebol. Neymar, do Paris Saint-Germain, e Alisson, do Liverpool, são os representantes brasileiros. O volante ítalo-brasileiro Jorginho, do Chelsea, também foi nomeado (confira a lista completa mais abaixo). O evento será no dia 17 de janeiro de 2022. Não há brasileiras concorrendo no futebol feminino.

Serão premiados os melhores jogadores, treinadores e goleiros entre homens e mulheres. Os finalistas do prêmio Puskás de gol mais bonito do ano serão conhecidos em breveOs indicados foram apontados por dois grupos de especialistas da Fifa: um para as premiações no futebol masculino, e outro para o futebol feminino (saiba quem são eles mais abaixo).

O período de avaliação para o prêmio é 8 de outubro de 2020 até 7 de agosto de 2021. Em 2020, Neymar também esteve entre os 10 indicados, mas ficou fora do trio finalista, que foi formado por Lewandowski, Cristiano Ronaldo e Messi. O polonês do Bayern ficou com o prêmio.

Vale reforçar: o Fifa The Best não é o mesmo que a Bola de Ouro, dado pela revista France FootballOs dois prêmios se unificaram entre 2010 e 2015, mas em 2016 a Fifa resolveu se separar novamente. A Bola de Ouro de 2021 vai ser entregue no próximo dia 29 de novembro.

Melhor jogador

 

  • Karim Benzema (França / Real Madrid)
  • Kevin De Bruyne (Bélgica / Manchester City)
  • Cristiano Ronaldo (Portugal / Juventus / Manchester United)
  • Robert Lewandowski (Polônia / Bayern de Munique)
  • Lionel Messi (Argentina / Barcelona / Paris Saint-Germain)
  • Neymar (Brasil / Paris Saint-Germain)
  • Erling Haaland (Noruega / Borussia Dortmund)
  • Jorginho (Itália / Chelsea)
  • N’Golo Kanté (França / Chelsea)
  • Kylian Mbappé (França / Paris Saint-Germain)
  • Mohamed Salah (Egito / Liverpool)
  • Melhor jogadora

     

    • Stina Blackstenius (Suécia / BK Häcken)
    • Aitana Bonmati (Espanha / FC Barcelona)
    • Lucy Bronze (Inglaterra / Manchester City FC)
    • Magdalena Eriksson (Suécia / Chelsea FC)
    • Caroline Graham Hansen (Noruega / FC Barcelona)
    • Pernille Harder (Dinamarca / Chelsea FC)
    • Jennifer Hermoso (Espanha / FC Barcelona)
    • Ji So-yun (Coreia do Sul / Chelsea FC)
    • Sam Kerr (Austrália / Chelsea FC)
    • Vivianne Miedema (Holanda / Arsenal FC)
    • Ellen White (Inglaterra / Manchester City FC)
    • Alexia Putellas (Espanha / FC Barcelona)
    • Christine Sinclair (Canadá / Portland Thorns FC)

     

    Vivianne Miedema, atacante holandesa do Arsenal, é uma das favoritas — Foto: Getty Images

    Vivianne Miedema, atacante holandesa do Arsenal, é uma das favoritas — Foto: Getty Images

    Melhor goleiro

     

    • Alisson Becker (Brasil / Liverpool)
    • Gianluigi Donnarumma (Itália / Milan / Paris Saint-Germain)
    • Édouard Mendy (Senegal / Chelsea)
    • Manuel Neuer (Alemanha / Bayern de Munique)
    • Kasper Schmeichel (Dinamarca / Leicester City)

    Melhor goleira

     

    • Ann-Katrin Berger (Alemanha / Chelsea FC)
    • Christiane Endler (Chile / Paris Saint-Germain / Lyon)
    • Stephanie Lynn Marie Labbé (Canadá / FC Rosengård / Paris Saint-Germain)
    • Hedvig Lindahl (Suécia / Atlético de Madrid)
    • Alyssa Naeher (EUA / Chicago Red Stars)

     

    Melhor treinador – Masculino

     

    • Antonio Conte (Itália / Inter de Milão / Tottenham)
    • Hansi Flick (Alemanha / FC Bayern München / seleção alemã)
    • Pep Guardiola (Espanha / Manchester City)
    • Roberto Mancini (Itália / seleção italiana)
    • Lionel Sebastián Scaloni (Argentina / seleção argentina)
    • Diego Simeone (Argentina / Atlético de Madrid)
    • Thomas Tuchel (Alemanha / Chelsea)

     

    Melhor treinador(a) – Feminino

     

    • Lluís Cortés (Espanha / FC Barcelona)
    • Peter Gerhardsson (Suécia / seleção sueca)
    • Emma Hayes (Inglaterra / Chelsea FC)
    • Beverly Priestman (Inglaterra / seleção canadense)
    • Sarina Wiegman (Holanda / seleção holandesa / seleção inglesa)

     

    Como funciona a premiação

     

    O colégio eleitoral do Fifa The Best é formado por quatro grupos, cada um com 25% de peso na pontuação final: treinadores e treinadoras das seleções nacionais, capitães e capitãs das seleções nacionais, jornalistas e o público, que vota no site da entidade. A votação dos internautas está aberta até o dia 10 de dezembro.

    Os indicados para cada categoria foram eleitos por um painel de especialistas da Fifa formado por ex-jogadores e ex-jogadoras, treinadores e treinadoras. Veja quem são:

    Futebol masculino:

     

    • Ali Al Habsi (Omã)
    • Jared Borgetti (México)
    • Tim Cahill (Austrália)
    • Geremi (Camarões)
    • Julio Cesar (Brasil)
    • Jürgen Klinsmann (Alemanha)
    • Alexi Lalas (Estados Unidos)
    • Javier Mascherano (Argentina)
    • Ryan Nelsen (Nova Zelândia)
    • David Trezeguet (França)

     

    Futebol feminino:

     

    • Florence Adhiambo (Quênia)
    • Margaret Aka (Papua Nova Guiné)
    • Eniola Aluko (Inglaterra)
    • Emma Byrne (Irlanda)
    • April Heinrichs (Estados Unidos)
    • Rosana Augusto (Brasil)
    • Memunatu Sulemana (Gana)
    • Homare Sawa (Japão)
    • Marta Tejedor (Espanha)
    • Chan Yuen Ting (Hong Kong)

     

    Prêmio Fifa The Best — Foto: Divulgação

    Prêmio Fifa The Best — Foto: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui