COM APOIO DA PREFEITURA, HOSPITAL DE CÂNCER REATIVA APARELHO DE TOMOGRAFIA E RETOMA PROCEDIMENTOS

Repasse financeiro da Prefeitura Municipal de Campo Grande, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), ao Hospital de Câncer Alfredo Abrão (HCAA) permitiu o conserto do aparelho de tomografia e, com isso, a entidade retomou os procedimentos que chegaram a ficar suspensos por mais de 60 dias. A solenidade para formalizar a reativação do serviço ocorreu na manhã desta terça-feira (14), na sede da instituição.

O secretário municipal de Saúde, José Mauro Filho, destacou a importância da reativação do serviço e o pleno funcionamento do hospital que é referência no atendimento de pacientes em tratamento oncológico não só de Campo Grande, mas de todo o Estado.

“O hospital é um importante parceiro e tem sido fundamental no atendimento destes pacientes que vem de diversas cidades de Mato Grosso do Sul para serem atendidos aqui. Desta forma, o Município está atento e reconhece às necessidade de garantir que haja condições  para que todos recebam uma assistência mais adequada”, diz.

O equipamento estava inutilizado pois houve a necessidade da troca do tubo do aparelho que queimou. A peça é importada dos Estados Unidos (EUA). O hospital recebeu aproximadamente R$ 360 mil em repasses do Município e R$ 360 mil do Estado para que fosse viabilizado o conserto do equipamento.

O aparelho realizava 900 exames por mês, devido a peça quebrada todos os exames foram remanejados para o Hospital Universitário (HU), Hospital Regional (HRMS) e Santa Casa como também na rede privada contratada para suprir a demanda.

Segundo o presidente do HCCA, Amilcar Junior, por ser referência no Estado para o atendimento oncológico, o hospital recebe uma alta demanda de pacientes.

“Como nós somos especializados em oncologia, nosso tomógrafo tem algumas características especiais para fazer o cálculo perfeito exato para aplicação da radioterapia”, complementa.

Na oportunidade, a Diretoria Executiva do HCAA agradeceu o apoio da prefeita Adriane Lopes,  que se prontificou de imediato a viabilizar o recurso para que fosse possível consertar o Tomógrafo.

Ao todo, o hospital realiza mais de 1,3 mil exames por mês, entre Raios-X, mamografias, ultrassons, dentre outros exames no setor de imagens.

FonteAgência Municipal de Campo Grande

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui