Com 84 km de ciclovias, Prefeitura oferece aulas de Mountain Bike no Sóter e Ayrton Senna

Com o aumento do uso de bicicletas em Campo Grande, a Prefeitura, por meio da Fundação Municipal de Esportes (Funesp), oferece oficinas gratuitas de Mountain Bike, que acontecem diariamente no Parque Ecológico do Sóter e Parque Ayrton Senna. Elas têm por objetivo estimular o uso da bicicleta também no dia a dia para as atividades rotineiras.

Com vagas disponíveis nas oficinas, o professor Lucas Meira explica a diferença entre mountain bike e ciclismo. “O mountain bike é também conhecido como ciclismo de aventura, que pode ter competições disputadas em locais abertos, com trilhas de terra bastante acidentadas, como nos Jogos Radicais Urbanos, que envolvem muitas subidas e descidas; ao contrário do ciclismo, que acontece em uma pista fechada, ginásio e ciclovias. Nas oficinas, os participantes buscam atividade ao ar livre, além de saúde e fortalecimento muscular”, disse Lucas.

Além dos parques Ayrton Senna e Sóter, que tem pista de ciclismo e oficinas, a Capital tem hoje 84 km de ciclovias e ciclofaixas que seguem nas vias do Imbirussu, Duque de Caixas, Orla Morena, Afonso Pena, Lagoa, segredo, Fabio Zahram, Gury Marques, Rua da Divisão, Cafezais, Rita Vieira, Vitor Meirelles. A maioria em volta de parques e canteiros centrais, e o uso tem se tornado uma alternativa cada vez mais útil, ao bolso, ao tempo, à qualidade de vida e à natureza.

“Faço uso de bicicleta no meu dia a dia e, assim, cuido da saúde e do meio ambiente, pois é um equipamento importante para a mobilidade urbana.Grandes metrópoles que adotaram o uso das bikes como meio transporte têm colhido excelentes resultados e ganhado grande número de adeptos”, afirmou, o diretor-presidente da Funesp Rodrigo Terra.

Oficinas de Mountain Bike
Parque Ecológico do Sóter
Terça / Quinta – das 18h30 às 20h30
Parque Ayrton Senna
Segunda, quarta e sexta – 15h às 17h