Champions tem Bayern de Munique com pé nas quartas e Chelsea x Atlético de Madrid

A Liga dos Campeões da Europa encerra sua fase oitavas de final nesta quarta-feira com situações distintas nos dois jogos do dia. Enquanto o Bayern de Munique recebe a Lazio após construir enorme vantagem na ida, o Atlético de Madrid visita o Chelsea em busca de reverter o 1 a 0 que sofreu em casa.

As duas equipes que avançarem se juntam a PSG, Liverpool, Borussia Dortmund, Porto, Real Madrid e Manchester City. O sorteio da fase seguinte acontece nesta sexta-feira, e o chaveamento será definido até a grande final, que será disputada em Istambul, na Turquia, no dia 29 de maio. Não há restrições quanto ao enfrentamento de times do mesmo país.

 — Foto: Infoesporte/ge.globo

— Foto: Infoesporte/ge.globo

Bem encaminhado

 

A situação do Bayern de Munique é muito confortável, já que os atuais campeões bateram a Lazio por 4 a 1 na Itália e avançam mesmo em caso de derrota por 3 a 0. Mas se engana quem pensa que os comandados de Hansi Flick diminuirão o ritmo. O artilheiro Lewandowski tem como fator de motivação tentar chegar novamente ao topo da artilharia – no momento, a distância para Haaland é de seis gols.

– Tivemos exibições muito boas e convincentes na Champions League e queremos continuar assim. Temos uma boa vantagem mas ainda assim também queremos ganhar este jogo. Será bom para manter a dinâmica e aumentar ainda mais o moral – disse Flick.

No lado italiano, existe a consciência de que o feito de fazer quatro gols na casa adversária beira o impossível. Atualmente na sétima posição da liga nacional, a Lazio colecionou tropeços recentes e perdeu três dos últimos cinco jogos na Série A.

– Sabemos o quanto trabalhamos para estar aqui e disputar jogos deste calibre. Vamos realizar uma boa exibição e tentar fazer jus ao nosso desempenho na fase de grupos, onde não perdemos. A nossa missão no torneio já está cumprida, queríamos chegar à fase de grupos, mas se for para sermos eliminados, então que seja lutando – analisou Inzaghi.

Prováveis escalações:

Bayern de Munique: Neuer; Süle, Boateng, Alaba e Davies; Kimmich, Goretzka e Müller; Sané, Coman e Lewandowski.
Técnico: Hansi Flick

Lazio: Reina; Patric, Acerbi e Radu; Marusic, Milinkovic-Savic, Lucas Leiva, Luis Alberto e Lulic; Correa e Immobile.
Técnico: Simone Inzaghi

Tudo aberto na Inglaterra

 

O Chelsea largou na frente ao vencer o Atlético de Madrid na Espanha por 1 a 0, com gol de Giroud. Em Londres, a missão dos comandados por Simeone é vencer marcando dois ou mais gols. Uma nova vitória de visitante pelo placar mínimo leva a decisão para a prorrogação.

Nos Blues, Thiago Silva segue como desfalque de Thomas Tuchel, que sabe que não terá vida fácil, mesmo com a vantagem conquistada na ida.

– É um grande desafio para nós, assim como aconteceu no primeiro jogo, mas jogamos muito bem lá e queremos repetir esse desempenho para nos classificarmos. Sabemos o quão difícil é bater o Atlético, mas o nosso plano é este – disse Tuchel, ainda invicto no Chelsea.

Sem desfalques, o Atlético chega com sinal de alerta bem ligado. Depois de abrir boa vantagem na liderança do Espanhol, a equipe comandada por Diego Simeone viu o Barcelona diminuir a diferença para quatro pontos. Uma vitória com classificação na Champions seria fundamental para elevar a moral do time.

– Temos apenas um objetivo, que passa por vencer o jogo. Podemos começar a ganhar no minuto 84 ou no décimo minuto porque todos são resultados possíveis. Não sabemos como o nosso adversário vai encarar a partida, mas sei o que queremos do jogo, que é vencê-lo – pontuou Simeone.

Prováveis escalações:

Chelsea: Mendy; Azpilicueta, Christensen e Rüdiger; James, Kanté, Kovacic e Alonso; Hudson-Odoi, Werner e Giroud.
Técnico: Thomas Tuchel

Atlético de Madrid: Oblak; Trippier, Savic, Felipe, Hermoso e Carrasco; Llorente, Koke e Lemar; Correa e Suárez.
Técnico: Diego Simeone