Carnaval de Campo Grande recebeu mais de 300 mil pessoas nos quatro dias de folia

Foto: Diogo Gonçalves

O Carnaval de Campo Grande contou com a presença de 300 mil foliões nos quatro dias de festa no Morena Folia, na Avenida Fernando Corrêa da Costa, desfile dos Blocos na Explanada da Ferrovia, e o Desfile da Escolas de Samba, realizado próximo à Praça do Papa.

Apesar da quantidade de pessoas, as ocorrências foram pequenas. Resultado de uma segurança preparada para garantir a proteção das famílias que foram ao Carnaval. Foram 62 ocorrências, sendo a maior parte registrada fora da área de segurança dos eventos.

”Apesar do evento ser aberto, um efetivo 300 Guardas Civis Municipais trabalharam para a segurança do público com revistas. Para a proteção dos foliões e a preservação do patrimônio público e particular, foi montado um esquema especial de segurança nos locais com grande aglomeração de pessoas, ações de fiscalização e segurança pública, que contou com a participação da Guarda Civil Metropolitana, da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, de Agentes da Agetran, de equipes da SAS, do SAMU e voluntários da Cruz Vermelha”, explica o secretário  Especial  de Segurança e Defesa Social, Valério Azambuja.

A Prefeitura também desenvolveu campanhas de conscientização pela organização dos blocos carnavalescos, orientando seus integrantes quanto à importância da preservação dos patrimônios históricos e culturais e proibindo o acesso aos blocos com garrafas de vidro.

“A baixa incidência de ocorrências demonstram que este casos foram exceções à regra, pois à mobilização popular dos campo-grandenses e turistas comprova o sucesso do Morena Folia 2020. A maioria das atrações transcorreram dentro da normalidade, havendo diversos relatos populares de satisfação proporcionada pelo carnaval, ressaltando aqui a sensação de segurança que os organizadores e os órgãos de fiscalização e segurança pública propiciaram aos participantes do Morena Folia”, complementa o secretário.

A secretária Municipal de Cultura e Turismo, Melissa Tamaciro, fez um balaço positivo do evento, ressaltando que pela primeira vez houve um interesse da sociedade civil e organizada em fazer uma junção com o carnaval, que é um patrimônio cultural do Brasil.

 “Entre as atrações, tivemos o turismo de aventura, com trilhas e a participação da Abrasel com ofertas para a população na parte gastronômica. Foram quatro dias de carnaval, com eventos em diversas localidades. Tudo com uma segurança planejada e com a participação de todas as secretarias da Prefeitura de Campo Grande”, finaliza Melissa.