Campeão com Suárez, Lodi revela bastidor de chegada de uruguaio: “Foi título para falar, ‘estou aqui'”

Sorridente, tranquilo e confiante. A imagem de Renan Lodi é reflexo de um titular indiscutível da nova fase da seleção brasileira de Tite, líder das Eliminatórias da Copa de 2022. Com quatro assistências em oito jogos, o lateral retorna ao time canarinho com o caneco do campeonato espanhol e fome de vitória contra Equador, dia 4 de junho em Porto Alegre, e dia 8, em Assunção, diante do Paraguai.

É difícil até dizer que a segunda temporada de Renan Lodi não foi exatamente um sonho para o jovem lateral de 23 anos, revelado pelo outro Athletico, o do Paraná. Afinal, ele fez a metade da minutagem da primeira temporada: foram 18 partidas como titular em 33 chances. Na temporada 2019/2020, saiu jogando em 39 de 43.

Mas, além de uma conquista marcante – o campeonato da Liga não vinha há sete anos – , Renan comprou a primeira casa própria – ela fica a seis minutos andando da Arena do Athletico – e acalmou o coração ao saber que os queridos avós Raimundo e Maria estão bem e vacinados.

Ele conta ao ge o que viveu nessa temporada e revela a divertida experiência do uruguaio Luís Suárez, estrela que trocou Barcelona pelos “colchoneros” e foi fundamental ao seu lado no Atlético.