Campanha de Vacinação contra o Sarampo é Lançada em Campo Grande

Nesta segunda-feira (07), aconteceu o lançamento da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo, em evento realizado na Escola de Saúde Pública (ESP), que contou com a presença do ministro da Saúde,  Luiz Henrique Mandetta, secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende,  secretário municipal de Saúde, José Mauro Filho, profissionais da área e autoridades municipais e estaduais, além do presidente do Rotary Club de Campo Grande, Lucimar Lacerda de Melo.

Na primeira fase, que vai até o dia 25 de outubro, o público-alvo serão as crianças com idade entre 6 meses e 4 anos e 29 dias.  As doses estão disponíveis nas 69 unidades básicas e de saúde da família de Campo Grande.

Publicidade

O ministro destaca que a prioridade para este grupo justifica-se porque, como provavelmente não receberam a segunda dose da vacina, seus filhos acabam apresentando um sistema imunológico mais vulnerável à doença.

“É importante que os pais ou responsáveis estejam atentos ao calendário e se sensibilizem sobre a importância da imunização para às crianças. Há tempos não tinhámos casos registrados de doenças como o Sarampo que até então eram tratadas como erradicadas, portanto nós fazemos este apelo”, pontou.

A vacinação contra o sarampo já acontece há mais de um mês no município  nas crianças com idades entre seis meses a menores de um ano que, como forma de proteção do surto que acontece em vários estados do país, devem tomar a dose zero.

Os pais de crianças com menos de cinco anos e que não sabem confirmar se possuem ou não a segunda dose da vacina devem ir até uma unidade de saúde básica ou da família da cidade com o cartão de vacinação nas mãos para confirmar a necessidade de uma revacinação.

A campanha irá se estender de 07 a 25 de outubro, com um “Dia D” no dia 19, onde todas as unidades estarão abertas para a imunização das crianças. Em uma segunda etapa, essa para pessoas entre 20 e 29 anos de idade, a imunização acontece entre 18 e 30 de novembro, sendo o último dia definido como a principal data para essa faixa etária.

As crianças entre seis meses e menores de um ano continuarão sendo imunizadas, conforme orientação do Ministério da Saúde e respeitando os locais referenciados para cada faixa de idade.

Nos principais dias de ação, que acontecerão em sábados, todas as unidades ficarão abertas o dia inteiro.

Além da vacinação contra o sarampo, as crianças que estiverem com doses pendentes e que os pais levaram o cartão de vacinação, terão a vacinação regularizada.

Casos

Em Campo Grande, até o momento,  foram  notificados 23 casos da doneça, sendo 18 descartados, 4 em investigação e 1 confirmado, de uma criança de 10 meses que contraiu a doença no Estado de São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui