CAGED APONTA QUE CAMPO GRANDE CRIOU MAIS DE 11 MIL NOVOS POSTOS DE TRABALHO EM 2021

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pelo Ministério do Trabalho no último dia 29, mostram que Campo Grande ocupa o 6º lugar entre as Capitais do país que mais criaram novos postos de trabalho. De janeiro de 2021 até agosto foram mais de 11 mil, registrando mais contratações do que demissões e percentual de variação de 5,84%.
O levantamento também apontou que a Capital está em crescente desenvolvimento já que todos os setores econômicos apresentaram saldo positivo, são 11.531 novos postos de trabalho formal, do total de 197.586 do estoque de referência RAIS/2020.
No índice referente ao mês de agosto desse ano, Campo Grande gerou 9.623 admissões, apresentando saldo positivo de 1.195 postos de trabalho. O setor econômico que mais gerou empregos continua sendo o de Serviços com 681 postos. Esta realidade era diferente no mesmo período do ano passado, o setor de serviços foi um dos mais prejudicados pelo impacto da pandemia, tendo um saldo na época de 153 postos e ficava na segunda posição.
No comparativo do último trimestre (junho a agosto), o setor de Serviços apresentou um crescimento de quase 50% na geração de emprego. Só no mês de agosto a Fundação Social do Trabalho (Funsat) ofertou 1.850 oportunidades, destas 55% foram para o segmento de Serviços. A expectativa é que Campo Grande continue avançando na criação de empregos.
“Isso mostra sem sombra de dúvidas a retomada do crescimento, os empresários entenderam que todas as medidas de segurança que o poder público adotou foram positivas e obviamente que a confiança no mercado é retomada. São números expressivos que nos fazem crer que para esse final de ano teremos resultados ainda melhores a se considerar as contratações de final de ano e o décimo terceiro do servidor municipal, que certamente será uma injeção de ânimo para o comércio local”, comenta otimista o diretor-presidente da Funsat Luciano Martins.
Segundo dados do Observatório da Fundação Social do Trabalho, a Funsat teve um ótimo desempenho de janeiro a agosto de 2021 com 15.973 atendimentos registrados na agência de emprego da Fundação. Já em agosto, foram 3.360 novos inscritos, no mesmo mês a Funsat atendeu 1.654 pessoas, com um total de 1.950 cartas de encaminhamento geradas, 134 trabalhadores foram colocados no mercado trabalho. Ainda foram registrados 815 requisições de seguro desemprego e 539 carteiras de trabalho cadastradas. Sobre as vagas para Pessoas com Deficiência (PCD), foram ofertadas 707 oportunidades, 273 pessoas encaminhadas para o mercado de trabalho e 30 colocados no ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui