Cachorra Pandora é encontrada depois de 45 dias e devolvida ao dono neste domingo em Guarulhos, na Grande SP

Depois de 45 dias desaparecida, a cachorrinha Pandora foi finalmente encontrada neste domingo (30) em Guarulhos, na Grande São Paulo, e devolvida ao dono, o garçom Reinaldo Junior.

A cachorra foi encontrada por empregados do Terminal 3 do Aeroporto Internacional de Guarulhos nesta tarde e, após primeiro contato com a mãe do garçom, dona Terezinha, foi levada de carro ao encontro do dono na casa onde ele estava hospedado na mesma cidade.

Em publicação nas redes sociais, Reinaldo disse que estava sem palavras para descrever o momento.

“Achei minha filha. Tem muito o que falar, não. Acharam ela. Tenho palavras agora não”, afirmou Reinaldo Junior 9 (veja vídeo acima).

Depois do reencontro, a cadela foi encaminhada a um hospital veterinário de São Bernardo do Campo, na Grande SP, para passar por exames. Segundo a família de Reinaldo Júnior, ela estava magra e parecia muito debilitada neste domingo (30).

Pandora foi encontrada pelo eletricista Victor Leonardo Marques, que acionou a mãe de Reinaldo, dona Terezinha Branco, para ir ao locar reconhecer o animal.

Victor Leonardo presta serviço a uma empresa terceirizada da concessionária GRU Airoport e avistou Pandora embaixo de uma ponte do lado de fora do Terminal 3.

Desaparecimento

 

Pandora sumiu durante uma conexão de um voo da Gol no Aeroporto Internacional de Guarulhos, na Grande São Paulo em 15 de dezembro.

Defensores dos direitos dos animais organizaram um protesto no aeroporto na noite do dia que o sumiço completou 1 mês. Munidos de cartazes com os dizeres “Gol, cadê a Pandora?”, os manifestantes circularam pelo terminal do aeroporto.

Reinaldo Júnior reencontra a cachorra Pandora depois de 45 dias de procura em Guarulhos, na Grande São Paulo. — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Reinaldo Júnior reencontra a cachorra Pandora depois de 45 dias de procura em Guarulhos, na Grande São Paulo. — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Manifestantes protestam contra a companhia aérea Gol por conta do desaparecimento da cadela Pandora, no aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo, neste sábado (15) — Foto: Reprodução/Instagram/Pedro Coutinho

Manifestantes protestam contra a companhia aérea Gol por conta do desaparecimento da cadela Pandora, no aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo, neste sábado (15) — Foto: Reprodução/Instagram/Pedro Coutinho

FontePor Angélica Abreu, TV Globo e g1 SP — São Paulo