Britney Spears vai dar depoimento em processo de tutela nesta quarta; relembre o caso

Britney Spears vai falar perante um tribunal sobre o controle que o pai, Jamie Spears, tem sobre sua vida, negócios e fortuna, nesta quarta-feira (23).

A participação da cantora na audiência vai acontecer de forma virtual, assim como a de outras partes envolvidas no caso.

A vontade de falar diretamente à Corte foi um pedido da própria Britney, por meio de seus advogados. Ela não costuma falar sobre o assunto de forma direta e pública.

A cantora entrou com um pedido no ano passado para remover seu pai, Jamie Spears, da tutela e dar poder exclusivo sobre seu patrimônio a uma instituição financeira. Seu advogado, nomeado pelo tribunal, disse que ela tinha “medo” do pai.

Queixas na Justiça

 

Jamie Spears com a filha Britney — Foto: Reprodução/Instagram da cantora

Jamie Spears com a filha Britney — Foto: Reprodução/Instagram da cantora

Os bastidores da ação contra Jamie, como é conhecido, foram divulgados pelo New York Times nesta terça-feira (22).

Apesar de não costumar falar publicamente sobre o assunto, Britney reclamou na Justiça sobre o controle do pai e questionou a aptidão dele em controlar sua carreira diversas vezes, segundo documentos confidenciais aos quais o jornal americano teve acesso.

O primeiro pedido de remoção da tutela aparece em 2014 na matéria do New York Times. Na época, a os advogados apresentaram uma lista de motivos para que Jamie deixasse de ter o controle sobre a vida de Britney.

Consumo de bebida, comportamento e uma “mesada semanal” que a cantora recebia foram alguns do exemplos listados.

Anos depois, Britney chegou a firmar que sentia que “a tutela se tornou uma ferramenta opressora e de controle sobre ela”, segundo um investigador do tribunal em relatório de 2016.

Nos documentos, Britney também informou que queria que a tutela fosse encerrada o mais rápido possível.

“Ela está ‘cansada de ser explorada’ e disse que é ela quem trabalha e ganha dinheiro, mas todos ao seu redor estão em sua folha de pagamento”, continua o investigador.

A cantora ainda afirmou que o pai estava “obcecado” e controlava quem podia ser seu amigo ou não, quem ela namorava e até a possibilidade de uma reforma na cozinha de Britney.

Os documentos também mostram que, sob a tutela, a cantora vivia “com muito medo”, e que se cometesse qualquer erro, as consequências eram “muito severas”.

#FreeBritney

 

Dos 22 anos de Britney Spears como cantora profissional, 13 deles foram vividos tendo o pai como tutor. Desde 2008, Jamie foi nomeado na justiça americana como responsável legal por assuntos pessoais e financeiros da princesa do pop.

Essa decisão judicial, o movimento #FreeBritney e indícios de que a cantora estaria insatisfeita com a situação são os principais temas de “Framing Britney Spears: A Vida de uma Estrela”, documentário do jornal “The New York Times”, disponível no Globoplay.

A cantora americana de 39 anos vendeu mais de 150 milhões de álbuns na carreira e passou a ter problemas com a saúde mental a partir de 2007. Hoje, ela tem uma fortuna de US$ 60 milhões, cifra bem abaixo do esperado para uma carreira de tanto sucesso, segundo a revista “Forbes”.