Bolsonaro vai ao Mercadão sem máscara e é criticado pelo vereador Ayrton Araújo do PT

O vereador Ayrton Araújo, líder da bancada do PT na Câmara Municipal de Campo Grande, usou a palavra para protestar contra a atitude do presidente Jair Bolsonaro por não usar máscara ao passear pelo Mercadão Municipal, em Campo Grande na última segunda feira (13), provocando aglomeração e desafiando as leis de proteção sanitárias que obrigam o uso de máscaras em locais fechados da capital.

“Esse homem não pode ficar espalhando o vírus para todo o Brasil com tamanha irresponsabilidade”, bradou indignado o vereador que é um dos autores do projeto “Passaporte da Vacina” que visa preservar a saúde dos que voluntariamente tomaram a vacina, porém, foi derrotado pela maioria dos vereadores que defendem aos que se recusam a tomar a vacina contra a Covid-19 e ainda insistem em conviver socialmente, mesmo sabendo que podem contaminar o seu próximo com o vírus e suas variantes mortais.

Finalmente, Ayrton Araújo qualificou o presidente Bolsonaro de “doido” e disse que o Mercadão é um lugar popular de grande movimento e todos que por lá passam, usam obrigatoriamente suas mascas em respeito às leis, aos bons costumes e ao controle sanitário.