Ayrton Araújo votou a favor do Refis do IPTU e a população poderá pagar com até 100% de desconto nos juros e multas.

A Câmara Municipal de Campo Grande aprovou com 27 votos, nesta terça-feira (18), projeto do PPI (Programa de Pagamento Incentivado), conhecido como Refis, que renegocia dívidas de contribuintes em relação aos impostos municipais – a medida passará a valer de 1º de junho a 10 de julho. O secretário de Finanças e Planejamento, Pedro Pedrossian Neto, adiantou no fim de abril que projeto neste sentido poderia ser novamente apresentado.

Segundo o texto, o objetivo é reduzir os ‘impactos causados na economia pela pandemia e oferecer a oportunidade para os contribuintes inadimplentes’, além do benefício ao município, de poder arrecadar ‘montante significativo’ – estão incluídos IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e ISSQN (Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza) anteriores a 2021.

“O vereador Ayrton Araújo fez questão de ressaltar a importância em um momento difícil que o País vive devido às dificuldades que afetaram com o Covid 19, com isso a população ganha tempo de ter suas contas em dia, ajudando o município a arrecadar e gerar melhorias em vários setores da cidade, concluiu o parlamentar.”