Aumento de 59%: Campo Grande registrou quase 18 novos casos de coronavírus por hora

Na última semana epidemiológica foram registrados 2.977 casos na macrorregião de Campo Grande

O número de novos casos confirmados de coronavírus tem aumentado no último mês e disparou na última semana epidemiológica na macrorregião de Campo Grande. Somente entre os dias 15 e 21 de novembro, foram registrados 2.977 novos casos, o que equivale a uma média de 425 casos por dia ou 17,7 casos por hora. O aumento foi de 59,7% em comparação com a semana anterior.

Segundo informações divulgadas pelo Governo do Estado, foram 2.977 novos casos registrados na macrorregião de Campo Grande na última semana epidemiológica. O número representa um aumento expressivo, já que na semana anterior foram registrados 1.863 novos casos.

Fonte: Governo de MS

Esta é a quinta semana seguida de aumento no registro de casos na macrorregião. Vale lembrar que a região passava por uma queda nos casos de Covid-19. Em setembro, uma semana epidemiológica chegou a registrar 3.707 casos. Porém, os números foram caindo até chegar a 1.382 registros de coronavírus em uma semana epidemiológica. Agora, a situação é diferente e os números não param de crescer.

O Governo do Estado chegou a fazer uma alerta sanitário nas redes sociais nesta segunda-feira (23). Na nota, o Governo alerta sobre o aumento de casos em Campo Grande, no aumento de casos em isolamento domiciliar e de internações.

“Na capital, a faixa etária mais acometida é de adultos jovens de 20 a 39 anos que possui uma dinâmica social mais ativa, frequentam mais espaços coletivos, consequentemente essas pessoas podem se contaminar e levar o vírus para suas famílias, em especial aos idosos, comprovadamente mais vulneráveis à forma grave da Covid-19”, informou.

O alerta pede que a população continue com o uso de máscaras e mantenha medidas de higiene. Além disso, é essencial evitar aglomerações, saídas de casa e contatos desnecessários.

Drive-thru com vagas lotadas na Capital

A procura por exames de coronavírus no drive-thru tem aumentado muito nos últimos dias em Campo Grande e o local está com as vagas lotadas nesta semana. Porém, mesmo com as vagas preenchidas, o Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública) tem capacidade de fazer mais exames.

Pacientes que não conseguirem agendar os exames no Disk Covid podem procurar uma das 12 unidades de saúde que realizam o teste na Capital.