Ativistas de topless pedem embargo ao gás russo e interrompem discurso do chanceler alemão, em Berlim

Manifestantes de topless invadiram o palco e interromperam o discurso do chanceler alemão, Olaf Scholz, neste domingo, em Berlim. Duas mulheres com os seios à mostra se aproximaram do primeiro-ministro para protestar contra a importação do gás natural russo.

A dupla de manifestantes tinha pintada na pela a frase “gas embargo now” (“embargo ao gás já”, em tradução livre). A equipe de segurança do chanceler retirou as duas mulheres em seguida.

Scholz discursava durante o Open Day do governo, o dia da abertura. Durante o evento, os alemães podem visitar a Chancelaria Federal e os ministérios.

O chanceler vem sendo criticado por sua política energética. De acordo com o jornal “Der Tagesspiegel”, o governo federal rejeitou um embargo de gás contra a Rússia, alegando que um fornecimento seguro de energia não pode ser garantido de outra forma. No entanto, a Rússia já reduziu as entregas aos alemães.

Em seu discurso, Scholz referiu-se às rotas alternativas de importação, incluindo novos terminais de gás liquefeito. “Esperamos poder colocar em funcionamento os primeiros no início do próximo ano e outros ao longo do ano”, afirmou.

FonteAgencias Internacionais