Aos 32, goleiro do handebol de Portugal morre depois de sofrer parada cardíaca durante treino

O handebol está de luto. O goleiro Alfredo Quintana, da seleção de Portugal, sofreu uma parada cardíaca durante um treino do Porto na segunda-feira. O jogador de 32 anos ficou internado em estado grave por cinco dias e faleceu nesta sexta-feira.

Quintana nasceu em Havana, em Cuba, e foi contratado pelo Porto em 2011. Ele se naturalizou português em 2014 e foi um dos pilares para o crescimento da seleção masculina de handebol do país. Em janeiro, o goleiro defendeu Portugal no Mundial do Egito, alcançando a 10ª posição, melhor classificação da história do país.

No último domingo, Quintana fez 14 defesas na vitória do Porto sobre o Águas Santas e ainda marcou dois gols.

Alfredo Quintana morreu depois de sofrer parada cardíaca em treino — Foto: Slavko Midzor / Pixsell / MB Media / Getty Images

Alfredo Quintana morreu depois de sofrer parada cardíaca em treino — Foto: Slavko Midzor / Pixsell / MB Media / Getty Images