Anfernee Simons triunfa em versão enxuta do torneio de enterradas da NBA

O ala-armador do Portland Trail Blazers sagrou-se na noite deste domingo campeão do torneio de enterradas do All-Star Game da NBA. Ele desbancou na final Obi Toppin, do New York Knicks, na avaliação de cinco jurados.

Devido às restrições pela pandemia do novo coronavírus e o formato enxuto do All-Star Weekend, apenas três competidores disputaram o torneio de cravadas.

Cassius Stanley, do Indiana Pacers, foi o primeiro a se apresentar na primeira rodada e recebeu 44 pontos dos cinco jurados. Na sequência, Obi Toppin (New York Knicks) agradou os avaliadores e levou 48 pontos. Anfernee Simons, do Portland Trail Blazers, ganhou 46.

Na segunda rodada de enterradas, Stanley errou as duas primeiras tentativas e, na terceira, deu uma martelada de frente, mas sem muita criatividade. Levou 37 pontos e, somado com o que tinha da primeira rodada, chegou a 81.

Em seguida, Simons voltou para a quadra. Colocou uma camiseta vintage do Toronto Raptors, com o nome do ex-jogador Tracy McGrady às costas, e teve até então a melhor pontuação da noite (49, que somada à primeira rodada alcançou 95).

A última aparição foi de Toppin, que saltou por cima do companheiro de Knicks Julius Randle e deu seu pai (Obi Toppin Sr.) para receber 46 pontos (seu total após as duas primeiras rodadas foi 94.

Toppin e Simons avançaram à decisão do torneio de enterradas.

Final

 

Ambos não tiveram grandes desempenhos. Toppin foi o primeiro a se arriscar, e cometeu duas falhas antes de, enfim, dar sua cravada – sem empolgar os juízes.

Simons veio em seguida e também não brilhou, mas no entender dos avaliadores foi mais plástico do que o rival.