‘Anaconda brasileira’: veja os registros de sucuris que bombaram em 2021

Seja no Pantanal de Mato Grosso do Sul ou nas águas cristalinas de Bonito (MS), a 297 km de Campo Grande, as aparições de sucuris foram muitas ao longo de 2021. O g1 selecionou alguns registros das “anacondas brasileiras” que bombaram durante todo o ano.

Guias de turismo, artistas, empresários, pescadores e turistas. Os flagrantes foram feitos por várias pessoas. Em setembro, o empresário Juca Ygarapé flagrou uma sucuri digerindo um animal, provavelmente uma capivara, em um rio de água cristalina, em Bonito (MS).

Assista aos vídeos

Durante o ano, teve até sucuri “exibida” que mostrou a língua ao ser flagrada por um documentarista de natureza, em um rio de água cristalina, em Bonito, município que conquistou por 16 vezes o título de “Melhor Destino de Ecoturismo” do Brasil.

Assista os vídeos

“Eu mergulho em Bonito desde de 2007. Quando a gente cai na água e vê o bicho, não sabemos como ele vai se comportar. Geralmente ele foge, mas este flagrante, a sucuri decidiu entrar debaixo de uma galhada e por ali ficou pendurada”, relembra o documentarista Cristian Dimitrius.

 

Cristian Dimitrius com sucuri gigante durante sessão de fotos em Bonito (MS) — Foto: Cristian Dimitrius/Imagem

Cristian Dimitrius com sucuri gigante durante sessão de fotos em Bonito (MS) — Foto: Cristian Dimitrius/Imagem

O empresário Juca Yagarapé, acostumado com os flagrantes de sucuris pelas águas cristalinas de Bonito, ficou “cara a cara” com uma sucuri gigante em uma expedição subaquática. Há mais de 20 anos Juca acompanha a vida das sucuris na região de Bonito. No dia 14 de setembro, o empresário realizava mergulhos de contemplação para encontrar as serpentes gigantes pelo Rio Formoso.