28.8 C
Campo Grande
quarta-feira, julho 17, 2024

Acolhidos de unidades da SAS recebem imunização contra a Influenza com foco no inverno

A Prefeitura de Campo Grande, por meio das secretarias de Assistência Social (SAS) e de Saúde (Sesau) realizou, esta semana, no Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP), a primeira ação do ano de imunização contra a Influenza. As unidades de acolhimentos (UAIFA’s I e II) também foram contempladas.

Ao todo, 152 pessoas foram imunizadas nas três unidades. A ação terminou nesta sexta-feira, na Unidade de Acolhimento Institucional para Adultos e Famílias.

Segundo o gerente de imunização da Sesau, Evandro Ramos, as equipes do Consultório de Rua faz atendimentos constantes a esse público, porém há uma preocupação maior no período que antecede o inverno.

“No inverno há maior circulação do vírus da gripe e maior facilidade na transmissão, por isso fazemos essa prevenção”, ressaltou.

A imunização teve o objetivo de promover, também, a saúde e segurança para os usuários que utilizam os equipamentos para pessoas em situação de rua da Rede de Assistência Social do município, já que são espaços com grande rotatividade de usuários.  No Centro POP, por exemplo, são realizados, em média, 200 atendimentos.

A gerente da Proteção Social Especial de Média Complexidade, Mayza Reis, enalteceu a parceria. “O apoio da Sesau é fundamental, estamos caminhando juntos no intuito de diminuir a disseminação do vírus e imunizar a população em situação de rua. O nosso objetivo é levar bem-estar e dignidade aos nossos usuários promovendo proteção e cuidado ao nosso próximo”, disse.

Através do Consultório de Rua, criado há dez anos, a Sesau vem atendendo a população em situação de vulnerabilidade. Segundo a coordenadora do Consultório, Cristiane Oliveira Dias, o cuidado com a população em situação de rua também visa evitar um aumento de pacientes nas unidades de saúde, especialmente no período de inverno.

“Essa vacina vem justamente para isso, para evitar uma grande demanda neste período”, disse Cristiane.

Usuário do Centro POP, Alexandre Loureiro, elogiou o trabalho das equipes da Sesau e Centro POP. “É muito bom para a gente ter esse atendimento aqui, porque assim não precisamos ir ao posto de saúde, é mais prático. Acho uma iniciativa importante para a melhora da nossa saúde”, disse.

Trabalho contínuo

Em parceria com a SAS, as equipes do Consultório na Rua realizam ações constantes nas unidades de assistência social, incluindo os Cras. Diversos serviços e atendimentos são oferecidos, com a colaboração de instituições parceiras e voluntários.

São realizados testes rápidos, avaliação odontológica, exames ambulatoriais, emissão de documentos, orientação jurídica, corte de cabelo, manicure e até aconselhamento para redução de danos.

O serviço é formado por equipes multiprofissionais que prestam atendimento integral à saúde dessa população e as atividades são realizadas de forma itinerante desenvolvendo ações compartilhadas e integradas às Unidades Básicas de Saúde (UBS), bem como com a Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) e demais equipamentos da Secretaria Municipal de Assistência Social (SAS).

Apoio

O Centro POP é um ponto de apoio para as pessoas em situação de rua, onde elas podem acessar serviços como atualização e solicitação de documentos, concessão de passagens, encaminhamento às demais políticas públicas, atendimento psicossocial e jurídico, transporte para resolver pendências burocráticas, além da oportunidade de realizar a higiene pessoal, receber três refeições por dia e solicitar o encaminhamento para comunidades terapêuticas e unidades de acolhimento institucionais.

Ao aceitar o acolhimento em uma das unidades da SAS, o usuário é encaminhado ao Centro POP por meio das equipes do Serviço Especializado em Abordagem Social (Seas).

No local, os técnicos realizam uma triagem e efetuam o encaminhamento. O local dispõe de profissionais que oferecem orientação individual e grupal e encaminhamentos dos usuários a outros serviços socioassistenciais e para as demais políticas públicas que possam contribuir na construção da autonomia, da inserção social e da proteção às situações de violência.

O espaço também promove acesso a espaços de guarda de pertences, higiene pessoal, alimentação e provisão de documentação civil, proporcionando endereço institucional para utilização, como referência, do usuário. Os técnicos alimentam também um sistema de registro dos dados de pessoas em situação de rua, permitindo a localização da família, parentes e pessoas de referência, possibilitando um melhor acompanhamento do trabalho social.

O Centro POP está localizado na Rua Joel Dibo, 255, Centro.

 

 

 

#pratodosverem. A matéria possui três imagens. A foto de capa é de uma profissional aplicando o imunizante em um dos assistidos. A segunda imagem mostra duas profissionais sentadas preenchendo a ficha de atendimento de um homem e a terceira imagem mostra novamente a profissional preparando o braço de um dos assistidos para aplicar a vacina. 

FonteAgência Municipal de Campo Grande