Ação para atualizar vacinas em crianças e adolescentes será amanhã em todo MS

Para mobilizar a população a atualizar a caderneta de vacianação de crianças e adolescentes de até 15 anos de idade, o “Dia D” da Campanha de Multivacinação será neste sábado (16), nos 79 municípios de Mato Grosso do Sul.

Em Campo Grande, o Dia D é uma realização da SES (Secretaria de Estado de Saúde), com apoio do Ministério da Saúde, em parceria com a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde de Campo Grande), e será na Praça Ary Coelho, das 8h às 11h.

A Campanha de Multivacinação, para todas as crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade, teve inicio no dia 9 de setembro e segue até o dia 23. A vacinação é gratuita e disponibilizada pelo SUS (Sistema Único de Saúde) em todas as unidades de saúde do Estado.

“Essa campanha vem com uma intensificação para crianças e adolescentes. Para realmente resgatarmos e atualizarmos a caderneta vacinal, especificamente desta população. Para isso, é essencial que todos compareçam aos serviços de saúde levando a caderneta de vacinação, para que os profissionais de saúde possam avaliar se há alguma vacina que ainda não foi aplicada ou se há doses em atraso”, explicou a coordenadora de Imunização da SES, Ana Paula Rezende Goldfinger.

Todos os municípios do Estado já estão abastecidos com os imunizantes e deram início à Campanha de Multivacinação, que é uma forma de garantir o controle e eliminação de doenças como a poliomielite, sarampo, rubéola, febre amarela e varicela (catapora), e que podem ser prevenidas com a atualização da caderneta de vacinação.

Vacinas que serão disponibilizadas

Para crianças
BCG; Hepatite B; Rotavírus humano (VRH); DTP+Hib+HB (Penta); Pneumocócica 10 valentes; Meningocócica C (conjugada); Febre Amarela (Atenuada); Sarampo, Caxumba, Rubéola (SCR); Sarampo, Caxumba, Rubéola e Varicela (SCRV); Hepatite A (HA); Difteria, Tétano, Pertussis (DTP); Difteria, Tétano (dT); Papilomavírus humano (HPV); Varicela; Pneumocócica 23-valente (Pncc 23*), vacina indicada para população indígena a partir dos cinco anos de idade.

Para adolescentes menores de 15 anos
Hepatite B (HB recombinante); Difteria, Tétano (dT); Febre amarela (Atenuada); Sarampo, Caxumba e Rubéola (SCR); Papilomavírus humano (HPV); Meningocócica ACWY (conjugada); Pneumocócica 23-valente (Pncc 23), vacina indicada para população indígena.

Natalia Yahn, Comunicação Governo de MS e Kamilla Ratier, SES

Foto: Bruno Rezende

FonteGoverno MS