A ascensão de Eduardo Leite nas redes sociais

Uma semana depois de assumir publicamente que é gay em entrevista a Pedro Bial, Eduardo Leite só ganhou 235 mil seguidores em seus perfis oficiais no Twitter, Facebook, Instagram e Youtube, de acordo com um levantamento inédito da MonitoraBR.

Leite saiu de 840 mil seguidores para 1,075 milhão. O Instagram foi a rede em que mais aumentou sua base: cresceu 56%, chegando a 536 mil pessoas mesmo com apenas seis posts no período. No Twitter, foram 33,7 mil novos seguidores, um crescimento de 23,44%.

Em todas as redes a postagem com mais interações foi o agradecimento de Leite pelas mensagens que recebeu após o programa:

“As inúmeras mensagens de carinho e apoio que estou recebendo me deixam absolutamente seguro: o amor vai vencer o ódio! Muito muito muito obrigado a todos!”